Jô exalta “atitude de homem” de Rodrigo que evitou suspensão

O atacante Jô esteve suspenso para o segundo jogo da semifinal do Campeonato Paulista por alguns segundos na noite deste domingo, durante a primeira partida da disputa contra o São Paulo, no Morumbi. Após ser advertido com o cartão amarelo por uma falta que não fez, viu o zagueiro Rodrigo Caio admitir que ele era quem havia atingido o companheiro Renan Ribeiro, anulando o cartão.

“Tem que valorizar essa atitude do Rodrigo Caio, teve uma atitude de homem, admitiu que foi ele quem pisou no Renan”, disse o centroavante, que estava pendurado e reclamou incessantemente do cartão com o árbitro Luiz Flávio de Oliveira nesse período de tempo. O próprio juiz, por sinal, parabenizou a atitude do defensor.

“É uma amostra que o futebol está mudando, que dá para ser honesto. Eu fiquei tranquilo porque sabia que não tinha pegado no Renan, mas ainda bem que o Rodrigo teve a honra de admitir”, continuou Jô, que havia acabado de fazer o primeiro gol da partida.

“Que legal essa postura do Rodrigo Caio, que legal. Lembro que o Tite pedia sempre para não ser malandro e, num jogo desse tamanho, ele teve essa atitude. Pode ter certeza que eu vou dar um abraço nele no domingo”, prometeu o técnico Fábio Carille.

Ator principal na jogada, Rodrigo Caio não mostrou muita empolgação ao comentar o tema na saída do gramado. “Fiz nada, fiz só o que tinha que fazer”, falou rapidamente o zagueiro são-paulino, atordoado por mais uma derrota dentro de casa.

 

Fonte: Gazeta Esportiva

2 comentários em “Jô exalta “atitude de homem” de Rodrigo que evitou suspensão

  1. Parabens, Rodrigo Caio ! Só podia ter saido de sampaulino.
    Por isso que o São Paulo é respeitado.
    Tomara que sirva de exemplo para todos os jogadores do Brasil!!!
    Outra coisa; jogador que recebe pancada ou bolada nas costas
    ou na perna(Rivaldo) e põe as maos no rosto e se deita, deveria receber
    cartão amarelo ou vermelho !!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*