Jardine diz que São Paulo melhorou desempenho

O técnico André Jardine estreou na função de interino no São Paulo com um empate em 1 a 1 com o Grêmio, no Morumbi, nesta quinta-feira, pela 34ª rodada do Brasileiro. Apesar de não ter conquistado a vitória, o sucessor de Diego Aguirre, demitido no domingo, viu uma melhora do time:

– Tentamos levantar o astral e trabalhar nesses três dias que a gente teve. O objetivo principal hoje era melhorar o desempenho, para nos aproximar das vitórias. E acho que esse objetivo a gente conquistou – afirmou o treinador do São Paulo após o jogo contra o Grêmio.

– O São Paulo controlou a maior parte do jogo. Talvez se não tivéssemos sofrido o primeiro gol, ganharíamos a partida. Mas, mesmo saindo atrás no placar, conseguimos reagir. E isso dá a sensação de que a gente vai conseguir fazer ainda melhor contra equipes que não forem tão qualificadas assim como a do Grêmio – completou.

Jardine disse quer uma equipe que propõe mais o jogo e que a atuação desta quinta-feira o deixa esperançoso.

– As grandes equipes do mundo, as que mais conquistam, escolhem ir por esse caminho. Por isso, eu gosto de ver o meu time sendo o protagonista do jogo, sendo mais agressivo. E meu principal papel neste momento é procurar elementos para mostrar aos jogadores o que precisamos melhorar. Com o que jogamos hoje, eu fico esperançoso para as próximas partida.

O técnico interino do São Paulo ainda tem mais quatro jogos pela frente no Brasileiro e espera que o desempenho da equipe lhe renda uma vaga efetiva no banco tricolor a partir de janeiro:

– Alguns treinadores têm dado entrevista dizendo que todo mundo é interino, né? Mas, eu me sinto preparado. Sou um cara muito transparente, muito sincero. Sempre demonstrei competência, sempre tive o respeito e uma sinergia muito grande com os grupos que trabalhei. Por isso, tenho certeza que a gestão do grupo será muito tranquila – afirmou Jardine.

Com o empate em casa, o São Paulo se manteve na quinta posição do Campeonato Brasileiro, com 59 pontos – assim como o Grêmio, que é o quarto por ter uma vitória a mais.

Nesta reta final, em busca de um lugar no G-4, que garante lugar direta na fase de grupos da Libertadores, o São Paulo ainda enfrentará Cruzeiro (domingo, em casa), Vasco (fora), Sport (casa) e Chapecoense (fora).

4 comentários em “Jardine diz que São Paulo melhorou desempenho

  1. Ontem, ficou muito claro aos mais atentos, as razões que induziram o Aguirre a optar por um sistema mais defensivo, privilegiando os contra-ataques. O certo é que as opções de ataque no elenco, noves fora Everton, são de baixa qualidade. Resta indagar, então, como atacar com Jucilei, Hudson, Trellez, Helinho, Reinaldo, Nenê aos 38 anos e Bruno Perez. A situação me faz lembrar uma célebre frase do Muricy, lá dos idos de 2007: “se o nosso ataque fizer um gol, a gente ganha a partida, porque a defesa se garante lá trás”. Sem querer ser advogado do Aguirre, penso que ele estava tentando aplicar essa máxima do Muricy, em razão da qualidade duvidosa dos atacantes e meias disponíveis no elenco.

    • Waldir, não vejo que o problema seja o ataque; vejo que não chegam bolas aos atacantes. Não vejo ultrapassagem de laterais para o fundo de campo; não vejo ninguém tentando uma jogada que possa abrir a defesa do adversário nem deslocamentos de meio-campistas que pudessem proporcionar opção de auxilio para os jogadores de frente; enfim, não vejo o básico feito pelo time para ajudar na marcação de gols.
      Confio que o Jardine vai corrigir isto!

  2. Vou ser repetitivo: não se faz omelete sem ovos! O nosso problema não era treinador. Pode ser contratado qualquer técnico, Abelão, Celso Roth, Pofexô, Mano Menezes, Joel Prachetinha, Carrile, Cuca ou até Muricy que, com esse grupo de jogadores, ficará impossível voltar a ser protagonista. A base, tão badalada, produz muito pouca matéria prima de 1a. qualidade e os contratados, com raras exceções, são jogadores de 2a. ou mesmo de 3a.linha para os padrões do futebol brasileiro.

  3. É pouco tempo para avaliação, mas sem desmerecer a sua capacidade,eu gostaria de um técnico mais cascudo dirigindo o tricolor.Talvez o Mano, Abel ou Cuca.Temos urgência de ser protagonista.Foi feliz do Grêmio ceder o empate.O São Paulo continua devendo.A pré-libertadores vai ser um prêmio pra esse time medíocre.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*