Hernanes não sabe se fica e torce para Lugano seguir no São Paulo

O meio-campista Hernanes não quis profetizar sobre o seu futuro no São Paulo. Emprestado só até junho de 2018 pelo Hebei Fortune, da China, o camisa 15 disse ter vontade de permanecer no Morumbi, mas preferiu apenas projetar as férias e a próxima temporada.

“Como não sou um falso profeta e não devo falar inverdades, posso dizer que gostaria muito, mas ainda não sei”, despistou Hernanes, nesta segunda-feira, em São Paulo, após ser premiado com a presença na seleção da tradicional Bola de Prata, promovida atualmente pelos canais Espn.

“O mais importante é aproveitar as férias, recuperar bem, projetar um primeiro semestre de grande nível. E que o nosso elenco consiga resultados que são esperados. O futuro não nos cabe falar”, acrescentou o atleta de 32 anos, que tem contrato com o Hebei Fortune até dezembro de 2019.

Em função de um estiramento na coxa direita, o Profeta não esteve no empate por 1 a 1 com o Bahia, no último domingo, no Morumbi, onde o zagueiro Diego Lugano se despediu como jogador do São Paulo.

Sobre o uruguaio, que ainda não sabe se vai se aposentar ao final da temporada, Hernanes diz torcer para que ele aceite convite da diretoria e permaneça exercendo sua liderança em outro cargo no clube.

“Conversamos pouco. Perguntei algumas vezes, ele falou que estava indeciso, avaliando as situações. Se ele aceitasse seria muito bacana, porque é um cara muito inteligente, do bem, é diferenciado e ajudaria muito nessa fase de transição que o São Paulo está passando”, ressaltou.

Esperançoso sobre voltar a ganhar títulos pelo São Paulo no ano que vem, Hernanes repetiu discurso de Petros e pediu para que o clube não desmanche o atual elenco, como aconteceu nas últimas temporadas.

“É uma fase de transição: saída de jogadores e mudança de técnico. Isso tudo requer um tempo para que as coisas se normalizem para termos regularidade maior e os resultados comecem a aparecer. Por isso é importante a manutenção de peças-chaves para que consigamos dar uma constância ao time. Conseguimos um segundo turno bom e que pode ser repetido no ano que vem se a base for mantida”, encerrou Hernanes.

 

Fonte: Gazeta Esportiva

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*