Reverenciado por companheiros, Lugano fala sobre liderança no elenco

Um dos grandes nomes da história do São Paulo, o zagueiro Diego Lugano se despediu do Tricolor no último domingo, no empate em 1 a 1 contra o Bahia, e recebeu diversas homenagens do clube, da torcida e dos companheiros de equipe. Após a partida, o defensor uruguaio, conhecido por sua raça e liderança dentro do grupo, falou sobre a importância de seu papel durante sua trajetória vitoriosa no time.

“Eu acredito que sou muito mais importante nas ações, no que faço, represento e falo. Isso é o mais difícil. Me preocupo muito com isso, tento dar o exemplo, não sou um cara de muito papo. A essência das pessoas se encontra nas atitudes diárias, mínimas, pequenas. Essa é a minha forma de ver a vida, faço na minha família e no vestiário”, explicou o ídolo tricolor.

Lugano ainda falou sobre as mudanças ocorridas no futebol atualmente em relação a seu início de carreira. O zagueiro enalteceu a estrutura do São Paulo e a preparação que o clube dá para os atletas desempenharem seu trabalho.

“Hoje para ser jogador é ter talento e incorporar a quantidade de informações. Hoje temos diversos dados. Mudou muito o futebol. Hoje o principal talento que um jogador pode ter não é o que ele faz na pelada, e sim se adaptar, se empenhar, porque hoje um clube como o São Paulo te dá tudo, fala os pontos fortes, fracos, potência, velocidade, quanto você pula, todas as informações”, exaltou.

Lugano se despede do São Paulo com diversos títulos no currículo. Somando cinco anos em duas passagens pelo Tricolor, o zagueiro uruguaio conquistou os títulos do Campeonato Paulista de 2005, da Libertadores de 2005, do Mundial de Clubes de 2005 e do Campeonato Brasileiro de 2006.

 

Fonte: Gazeta Esportiva

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*