Hernanes deixa treino mais cedo e Brenner ganha chance no São Paulo

Com problemas musculares, os meias Hernanes e Lucas Fernandes não treinaram em campo na manhã desta quarta-feira, no CCT da Barra Funda. Eles já iniciaram o tratamento e ficarão à disposição para enfrentar o Coritiba, no próximo domingo, no Estádio Couto Pereira, caso voltem a trabalhar com o grupo nas vésperas da partida válida pela 37ª e penúltima rodada do Campeonato Brasileiro.

Titular no empate sem gols com o Botafogo, no último final de semana, Lucas Fernandes não participou sequer do aquecimento com bola. Em função de dores na coxa esquerda, o garoto trabalhou na academia do Reffis.

Já Hernanes, que cumpriu suspensão diante dos cariocas, aqueceu normalmente com os companheiros. Momentos antes do treino tático, contudo, o camisa 15 alegou dores na coxa direita para o técnico Dorival Júnior e o médico José Sanchez, e deixou o campo para se juntar a Lucas Fernandes no Reffis.

Durante os dez minutos que a imprensa pôde acompanhar a atividade, Dorival armou o time com cinco mudanças em relação à escalação do último domingo. A principal novidade é a entrada do garoto Brenner no lugar de Lucas Pratto, que se recupera de dores na coxa direita.

Livre de suspensão, Arboleda voltou a formar dupla de zaga com Rodrigo Caio. Araruna treinou no lugar do suspenso Petros, enquanto Shaylon ocupou a vaga deixada por Hernanes. Já Cueva retomou o posto de principal armador, que foi ocupado por Lucas Fernandes contra o Botafogo.

Dessa forma, sem contar com goleiros no início do treino, a equipe titular foi formada por Éder Militão, Arboleda, Rodrigo Caio e Edimar; Araruna e Jucilei; Marcos Guilherme, Cueva e Shaylon; Brenner. Com um jogador a mais, o time reserva teve Buffarini, Lugano, Bruno Alves e Júnior Tavares; Aderllan, Petros, Igor Gomes, Bruno e Thomaz; Denilson e Gilberto.

Até o confronto com o Coritiba, marcado para as 17 horas (de Brasília) deste domingo, o São Paulo terá mais três treinamentos, todos fechados à imprensa. Com 46 pontos, o Tricolor ocupa o 13º lugar do Brasileiro e está livre do risco de rebaixamento, tendo remotas chances de classificar-se à Copa Libertadores de 2018.

 

Fonte: Gazeta Esportiva

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*