Há três rodadas sem marcar, Tricolor deve ser mais ofensivo contra o Sport

Com apenas quatro pontos acima da zona de rebaixamento, o São Paulo precisa vencer para afastar o perigo de jogar a Série B do Campeonato Brasileiro no ano que vem. O Tricolor, contudo, sofre para marcar gols, algo que não acontece há três rodadas, passando em branco diante de Atlético-PR, Vitória e Flamengo.

Em função disso, a equipe treinada por Ricardo Gomes deve apresentar uma formação mais ofensiva para pegar o Sport, nesta quarta-feira, às 21h45 (de Brasília), na Ilha do Retiro. A partida é vista por ambos os lados como um confronto direto, uma vez que o clube do Morumbi ocupa o 13º lugar, com 35 pontos, dois a mais que a agremiação do Recife, 14º colocado.

Diferentemente do que planejou para o jogo diante do Flamengo, contra quem escalou um trio de volantes (Hudson, Thiago Mendes e Wesley), o técnico são-paulino deve voltar à formação com três meias no auxílio ao centroavante Andres Chavez.

“Nosso ataque não vem fazendo gols, mas estamos criando. Temos que aproveitar as oportunidades que aparecem. Estamos buscando aperfeiçoar nos treinos, a cada dia temos trabalhado para melhorar e sair os gols”, analisou Kelvin.

Para sair os gols, o meia Jean Carlos pode receber sua primeira chance no time titular. Destaque no setor de armação do Vila Nova-GO na Série B deste ano, o jogador assumiria a vaga de Cueva, que defenderá a seleção peruana, nesta quinta-feira, pelas Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa do Mundo de 2018.

Mesmo caso do chileno Mena. Com características mais ofensivas, Carlinhos herdará a lateral esquerda e poderá ter mais liberdade para apoiar o ataque. Aberto por esse lado do campo, Michel Bastos tem grandes chances de voltar à titularidade, condição em que não se encontra desde o dia 28 de agosto, quando o Tricolor empatou sem gols com o Coritiba, no Morumbi.

No São Paulo, porém, não há a vaidade de querer jogar bem. O que importa é voltar a vencer. “Ter o resultado, os três pontos, esse é o momento. Pensamento em fazer gols, já que não estamos fazendo, e sair com o resultado. Será muito bom se jogarmos bem, mas o importante sempre serão os três pontos”, avaliou o meia-atacante.

A 10 rodadas para o fim do Brasileiro, o Tricolor vai encarar cada partida como uma decisão. Embora esteja mais perto dos últimos quatro colocados, a equipe ainda não abandonou o sonho de disputar a Copa Libertadores 2017. Principalmente depois do anúncio de que o torneio nacional brindará com uma vaga à competição continental não mais quatro, mas os seis times mais bem classificados.

Neste momento, o São Paulo está sete pontos atrás do Atlético-PR, primeiro time dentro do G6. “Daqui para frente serão dez finais. Não só contra o Sport, mas contra as outras equipes também. Temos de pensar jogo a jogo pro São Paulo vencer e sair dessa situação”, concluiu Kelvin.

 

Fonte: Gazeta Esportiva

Um comentário em “Há três rodadas sem marcar, Tricolor deve ser mais ofensivo contra o Sport

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*