Gonzalo Carneiro objetiva nível ideal para São Paulo crescer

Recuperado de uma pubalgia que o afastou dos gramados por quase um ano, Gonzalo Carneiro enfim vive um bom momento no São Paulo. Pela primeira vez desde que chegou ao clube, em abril, o centroavante foi acionado em cinco jogos seguidos, sendo titular no último deles.

No empate sem gols com o Atlético-PR, no último sábado, no Morumbi, o uruguaio estreou sua titularidade em partidas válidas pelo Campeonato Brasileiro. Um dos poucos destaques do Tricolor em campo, ele recebeu elogios do técnico Diego Aguirre ao final do duelo.

“Para mim é uma evolução extremamente importante. Cheguei com uma lesão, dez meses sem jogar. De pouco em pouco, de partida em partida, sinto uma boa evolução e cada vez me sinto mais confiante”, celebra o camisa 19.

No dia 30 de setembro, na segunda partida de sua série, o atleta vindo do Defensor-URU marcou o seu primeiro gol pelo novo clube. Foi o segundo do São Paulo no empate por 2 a 2 com o Botafogo, no Rio de Janeiro, onde ele aproveitou rebote da cobrança de falta de Reinaldo.

A despeito da boa fase, Gonzalo Carneiro ainda não está plenamente satisfeito com seu rendimento. “Ainda me falta mais ritmo de jogo, mas eu pensava que seria mais difícil por causa do tempo parado. Voltei muito melhor do que o esperado”, avalia.

“Para chegar ao nível ideal é preciso uma sequência de jogos, me adaptar melhor ao futebol brasileiro, que é muito diferente do uruguaio. Mas acredito que a sequência de jogos e os treinamentos vão me ajudar nisso”, projeta.

Sua sequência, contudo, acontece na fase mais delicada da equipe no Campeonato Brasileiro. Há seis partidas sem triunfar, o Tricolor caiu do primeiro para o quarto lugar, ficando a nove pontos do líder Palmeiras, a oito rodadas do fim da competição.

“Meu objetivo pessoal é jogar o máximo de tempo possível no campeonato. E o principal que é ajudar o São Paulo a conseguir triunfos nessa reta final do campeonato”, concluiu Carneiro, que deve seguir entre os titulares nesta sexta-feira, diante do Vitória, em Salvador.

 

Fonte: Gazeta Esportiva

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*