Gol na véspera e clássico em Barueri: Ceni repete roteiro do centésimo

Ao converter cobrança de pênalti no Pacaembu na última quarta-feira, Rogério Ceni fez mais do que definir a vitória por 3 a 0 sobre o CRB (AL) e a classificação para a 3 fase da Copa do Brasil. O gol fez com que a torcida do São Paulo relembrasse o ano de 2011, mais precisamente a vitória por 2 a 1 sobre o Corinthians na 16ª rodada do Campeonato Paulista, quando o Mito fez o 100º gol na carreira.

A lembrança veio à tona cercada por coincidências. Assim como em 2011, o tento antecedeu a disputa de um Majestoso na Arena Barueri – nas duas ocasiões, o Tricolor alugou o Morumbi para shows e teve de buscar nova casa para encarar o rival. Assim como em 2011, Ceni fez de pênalti no jogo anterior e provocou euforia nos torcedores.

O gol 99 saiu em Jundiaí, no dia 23 de março, na derrota por 3 a 2 para o Paulista. Nas arquibancadas do Estádio Jayme Cintra, a torcida cantava empolgada mesmo com o revés e parecia prever o que aconteceria na Arena Barueri no dia 27.

Ao saber que São Paulo e Corinthians voltariam a jogar no estádio em que despontou pelo Barueri, o atacante Fernandinho se emocionou. Hoje no Atlético-MG, foi ele quem sofreu a falta cobrada com perfeição por Rogério Ceni e ainda recebeu a camisa do goleiro.

– Poxa vida, cara. Fico muito feliz que seja lá novamente. Foi muito especial .

Com as primeiras cenas do roteiro refilmadas, os são-paulinos esperam que o remake do filme do centésimo gol de Ceni seja concluído no domingo. De preferência em cobrança de falta precisa, da meia esquerda para o ângulo direito, aos 8 minutos do segundo tempo e com comemoração efusiva do ídolo. Sem Julio Cesar batido, mas com Cassio desolado. Sem fim de jejum, mas com tabu favorável de três jogos diante do Corinthians.

Fonte: Lance

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*