Ganso volta à Sul-Americana em busca de protagonismo pelo São Paulo

As atuações recentes de Paulo Henrique Ganso servem de esperança para o torcedor são-paulino na Copa Sul-Americana. O meia entra em mais uma competição internacional em alta e buscando protagonismo em uma conquista do clube, algo que também não acontece com ele há tempos.

Ganso é o único atleta de linha, Rogério Ceni também, do time a conquistar a tríplice coroa da América, mas com participações discretas ou, no caso da Libertadores-2011 pelo Santos, vendo Neymar roubar os holofotes.

Recém-chegado ao São Paulo, o camisa 8 disputou apenas dois jogos na campanha do título da Sul-Americana do ano passado, na semifinal da competição, justamente contra a Universidad Católica (CHI), adversário desta quinta-feira, no início da caminhada pelo bi.

O meia chegou machucado após participar da campanha do título da Recopa pelo ex-clube e ficou em campo apenas 42 minutos somados os dois confrontos diante da equipe chilena. O São Paulo empatou por 1 a 1 no Chile e assegurou a classificação com um 0 a 0 em casa.

Agora, em nítida evolução após a chegada de Muricy Ramalho, com quem conquistou seu primeiro título internacional, Ganso tem a oportunidade de fazer valer seu apelido de Maestro e reger o time rumo a mais uma conquista. Na Libertadores deste ano, ele teve poucas oportunidades e não pôde evitar a eliminação precoce do time.

O protagonismo de Ganso é esperado por todos no clube e por Muricy, que o vê no caminho de voltar a ser o jogador brilhante que encantou o país em 2010.

– Nesses quatro jogos ele foi bem. Está se mexendo e armando a equipe. Está subindo pouco a pouco. Achando o melhor posicionamento e encontrando a melhor condição física. Ainda não é aquele Ganso que nós vimos, ainda falta um pouco, mas com certeza está melhorando – disse Muricy.

“Aquele” Ganso de 2010 chamava a responsabilidade, deixava seus companheiros na cara do gol e fazia questão de ficar em campo em momentos difíceis. É o Ganso que o são-paulino espera sempre.

Títulos internacionais de Ganso

Sul-Americana 2012
Contratado pelo Tricolor veio machucado, estreou no Brasileirão e depois participou dos dois jogos com a U. Católica na semi. Coadjuvante no título.

Recopa Sul-Americana 2012
Seu último título pelo Santos. Jogou apenas o primeiro jogo contra a U. de Chile. No segundo, estava em negociação com o Tricolor. Ficou sem medalha.

Copa Libertadores 2011
Decisivo contra o Cerro Porteño na fase de grupos, ajudou o Peixe a se classificar. Se lesionou e retornou no jogo de volta da final a tempo de levantar a taça.

Fonte: Lance

Um comentário em “Ganso volta à Sul-Americana em busca de protagonismo pelo São Paulo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.