Ganso quebra silêncio: ‘Já dei certo. Sou jovem e um atleta de alto nível’

Paulo Henrique Ganso sempre foi discreto. No Santos, esteve à sombra de Neymar e foi assombrado por lesões. No São Paulo ainda não assumiu o protagonismo esperado, mas garante que está perto de se reerguer. Embora queira se levantar no futebol, o Maestro tricolor nega que tenha fracassado na carreira. Reconhece os próprios erros, mas afirma ter a solução para eles na ponta da língua e das chuteiras.

O silêncio teve início no dia 23 de fevereiro, quando foi para o banco em clássico com o Santos. Foram mais cinco partidas até que, no dia 26 de março, declarações curtas no gramado do Morumbi explicaram a eliminação para o Penapolense no Campeonato Paulista.

No último sábado, pela primeira vez em 48 dias, Ganso sentou, respirou e conversou com a reportagem do LANCE!. Garoto propaganda de multinacional sul-coreana, atendeu fãs em um shopping da Zona Sul da capital paulista durante evento da patrocinadora e explicou as razões que o levaram a manter distância dos microfones por tanto tempo.

Confira conversa exclusiva de Ganso para o LANCE!:

O que provocou esse distanciamento da imprensa?

A gente procura pensar em algumas coisas que precisa melhorar nos treinamentos, na minha performance. Tem hora que você tem que se fechar, ficar sem falar um pouco e trabalhar mais. Precisava ficar mais concentrado nas partidas e nos treinamentos para depois ter coisas boas para falar.

E a estratégia surtiu efeito?
Sim, claro, isso funcionou. Eu tive uma melhora muito grande nos últimos jogos. Estou feliz que tenho conseguido ajudar bastante o São Paulo. E não é questão de se manter mais quieto, é fazer da forma que sempre agi e atuei. Às vezes não tenho bons dias para dar entrevistas, não acordo em um dia legal para conversar com a imprensa.

Como foi ouvir críticas e ter de aguentar sem dar entrevistas?
As críticas existem apenas para as pessoas que podem dar mais. E eu sei que me encaixo nisso. Sei do talento que tenho e procuro manter meu foco no futebol, esquecer um pouco as críticas e o que falam de fora.

Nesse período de foco nos treinos, o que conseguiu melhorar?
Em um time grande, a gente sempre precisa melhorar e aprende coisas novas todos os dias. Sei que precisava melhorar o passe, melhorar a finalização, estar na área mais vezes para fazer os gols. Tem uma série de fatores que preciso melhorar.
Em quem se apoiou para reagir nesse período?
Nos familiares, na esposa, nos amigos. Mas não diria que fracassei ou algo assim, já posso dizer que dei certo. Sou jovem, um grande profissional, um atleta de alto nível e estou em um baita clube. Só tenho que agradecer a Deus o que vier de maior do que isso daqui para frente.

Acha que o novo esquema de Muricy Ramalho vai lhe ajudar a melhorar mais?
São três atacantes e eu jogando para auxiliá-los. Eles se mexem bastante e isso facilita para que eu chegue mais, faça gols e dê passes precisos. E a preocupação aumenta com o Pato, é inteligente, sabe encontrar os espaços, e o Luis Fabiano, que sabe fazer os gols. Isso tudo me ajuda a ficar um pouco esquecido em campo e ter mais liberdade para fazer as jogadas. Fico com mais espaço para chutar e entrar na área como elemento surpresa.

Mas e na hora de marcar para recuperar a bola? Pode ficar mais sobrecarregado?
(Risos) Quem vai marcar? Todo mundo pergunta, até a gente. Se ocupar os espaços, concentrar nos treinamentos e saber onde se posicionar, tenho certeza que o esquema novo vai dar certo.

Quais suas metas e do time para o Campeonato Brasileiro?
Estamos no caminho certo. O professor Muricy encontrou um esquema para jogar e vai tirar proveito no Brasileirão, tenho certeza disso. Temos um elenco muito forte e que pode buscar o título, sim. Para mim, a meta é conseguir fazer os gols e ajudar o São Paulo a sempre ficar no topo da tabela. Quero muito conquistar este título com belas atuações com essa camisa.
Fonte: Lance

Um comentário em “Ganso quebra silêncio: ‘Já dei certo. Sou jovem e um atleta de alto nível’

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*