Ganso lembra Chulapa e chama juiz de ladrão: “Tinha que sair de camburão”

Paulo Henrique Ganso deixou o campo de Itaquera sem esconder a irritação. Jogador que mais cobrou por falta em Bruno no início da jogada do segundo gol da vitória corintiana nesta quarta-feira, o meia do São Paulo falou que o árbitro Ricardo Marques Ribeiro merece apanhar “como faria Serginho Chulapa” e o acusou de apitar para o rival.

“Aquilo não foi erro, foi roubo. Ele tinha que sair daqui de camburão”, reclamou o camisa 10 aoSportv, indignado por enxergar falta de Emerson Sheik sobre Bruno antes de o atacante do Corinthians entregar a bola que roubou para Jadson definir a vitória dos anfitriões por 2 a 0.

“Se o Serginho Chulapa ainda fosse do São Paulo, com certeza ele iria lá ao vestiário do árbitro para bater nele. Só que não pode mais fazer isso no futebol e ele faz isso aí. E no final de semana, estará apitando normalmente. O que ele fez foi palhaçada. O segundo gol foi para acabar de vez com a partida”, continuou reclamando Ganso.

Sergio Barzaghi/Gazeta Press

Árbitro Ricardo Marques Ribeiro revoltou os são-paulinos, que pediram falta no segundo gol corintiano

O meia relatou desconfiança antes mesmo do apito inicial em relação ao árbitro mineiro. “Desde o começo falei para a diretoria que precisava ser um árbitro de fora. Alguém do futebol brasileiro com certeza apitaria para o Corinthians”, indicou o camisa 10.

Em meio à reclamação geral logo após o segundo gol rival, Ganso foi o único a receber cartão amarelo. “Eu só não disse que ele era bonzinho. Todos xingaram e ele deu cartão para o primeiro que viu. Depois quis compensar. Foi uma palhaçada”, prosseguiu chiando o meio-campista.

 

Fonte: Gazeta Esportiva

3 comentários em “Ganso lembra Chulapa e chama juiz de ladrão: “Tinha que sair de camburão”

  1. Quem deveria sair de algum lugar é o Ganso… do time. Jogador “meia boca”; só joga contra o vento. Quando pega XV de Piracicaba; Rio Claro; Penapolense; e, assim mesmo se não valer alguma classificação, deita e rola. Quando é jogo importante é o que vimos ontem: INÚTIL…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*