Ganso acredita não ter mais o que provar para ser convocado por Dunga

A primeira convocação de Paulo Henrique Ganso para a seleção brasileira aconteceu em julho de 2010, após a realização da Copa do Mundo daquele ano. O então técnico Mano Menezes chamou o meia, na época do Santos, para amistoso contra os Estados Unidos. Em seguida, as duas lesões sofridas pelo jogador atrapalharam uma sequência com a amarelinha. Mesmo assim, participou da Copa América de 2011 e fez parte do grupo que conquistou a medalha de prata nas Olimpíadas de 2012, em Londres. Com a reformulação prometida por Dunga, Ganso acredita que “tem muitas coisas para acontecerem”, mas afirma não ter mais nada a provar para ser lembrado.

– Não tenho o que provar mais. Tenho que continuar fazendo meu trabalho no São Paulo que uma hora a oportunidade vai aparecer. Depois da Copa do Mundo de 2010, meu nome estava na lista. Não estava na de 2014, depois meu nome foi ficando fora. Tem muitas coisas para aconteceram nessa reformulação que o Dunga vai fazer – afirmou Ganso.

 

Fonte: Globo Esporte

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*