FPF cria regra contra times reservas no Paulista; presidente do SP critica

A FPF (Federação Paulista de Futebol) anunciou nesta segunda-feira (3) uma mudança no regulamento do Campeonato Paulista. A partir de 2015, os times participantes poderão inscrever um limite de 28 jogadores na competição regional. A novidade foi criticada por Carlos Miguel Aidar, presidente do São Paulo, único que votou contra.

“Haverá um limite de 25 jogadores de linha e três goleiros, e os goleiros podem ser trocados até a fase final se houver um atestado que comprove lesão. Com isso, você tem uma possibilidade pequena de incluir atletas da base”, reclamou Aidar.

“Nós investimos R$ 30 milhões por ano na base do São Paulo. Onde as pessoas querem que eu teste esses meninos? O sub-20, o sub-17 e o sub-15 não servem para isso. Nós queríamos aproveitar o Campeonato Paulista, mas isso não vai ser possível”, completou o dirigente tricolor.

No conselho arbitral, segundo Aidar, 19 clubes votaram a favor da mudança. O presidente do São Paulo até admitiu o limite, desde que jogadores formados na base do clube não entrassem nessa conta.

“São 20 clubes participantes, e cada um tem uma cabeça. O que tivemos de fazer foi chegar a um consenso”, declarou Paulo Nobre, presidente do Palmeiras.

O limite de atletas será a principal mudança no regulamento do Campeonato Paulista de 2015, que seguirá o mesmo modelo de disputa adotado neste ano. Os 20 clubes serão divididos em quatro grupos, mas jogarão apenas contra os representantes das outras chaves na primeira fase – os dois primeiros de cada grupo avançarão às quartas de final.

“O formato é o mesmo. A mudança é que nós aprovamos 28 jogadores na temporada, não mais do que isso”, confirmou Marco Polo del Nero, presidente da FPF, no evento em que foram sorteados os grupos.

O Campeonato Paulista de 2015 também terá um calendário mais concentrado. Ao contrário desta temporada, quando a primeira rodada foi realizada em janeiro, a abertura do torneio acontecerá no dia 1º de fevereiro. A alteração atendeu demandas de clubes e do Bom Senso FC para a criação de um período de pré-temporada.

A mudança demandou aval dos parceiros de mídia do Campeonato Paulista, que ficarão mais tempo sem jogos ao vivo. O limite de atletas, portanto, é uma forma de coibir o uso de formações alternativas e garantir a presença dos principais atletas.

 

Fonte: Uol

5 comentários em “FPF cria regra contra times reservas no Paulista; presidente do SP critica

  1. Inscreva o time todo reserva e faca viagens pelo exterior de pre-temporada ate comecar a libertadores.
    Que se dane esse paulistinha que um dia foi Paulistao.

    No Brasil nao se preza pelo futebol, pelo espetaculo, pelo evento. Se preza apenas pelo $$$, infelizmente.

  2. Quem liga pro campeonato paulista?Desde que se forme um time de qualidade que não faça feio acho que seria bom mesclar sendo uns 12 da base e o restante aqueles pouco aproveitados. Preparando os titulares pra libertadores e brasileiro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*