Fora em goleada, Luis Fabiano tenta igualar feito do clube de 2002

O atacante Luis Fabiano possui uma relação especial com o Morumbi e o Vasco, adversário da noite desta quarta, às 22h, na casa são-paulina, pelas quartas de final da Copa do Brasil. O jogador é o maior goleador do atual elenco no estádio e carrasco dos cariocas. Entretanto, há uma lacuna: ele não estava em campo na última vez em que essa combinação esteve presente em uma disputa, no dia 17 de abril de 2002.

Naquela ocasião, o Tricolor sediava o segundo jogo das quartas da competição após perder por 1 a 0 para o rival, uma semana antes, em São Januário. Superando uma crise pela má fase no Campeonato Paulista, porém, os comandados do técnico Nelsinho Baptista dispararam 4 a 0 sobre o Cruz-maltino e asseguraram seu posto na semifinal. Avante mais marcante daquele período, Luis Fabiano poderia ter essa lembrança na conta para motivá-lo antes do embate desta noite, mas um pequeno percalço o atrapalhou.

Após ser artilheiro do clube no Brasileiro de 2001, teve de voltar ao Rennes, dono de seus direitos federativos, que não quis liberá-lo ao Tricolor depois do fim de seu empréstimo. Lá ficou até julho, voltando ao Morumbi apenas depois de tudo isso. Logo, não pôde ajudar a equipe, que sucumbiu na fase seguinte ao ser eliminado pelo arquirrival Corinthians, ganhador da taça naquele ano.

Firme e forte no elenco neste ano, o centroavante tenta compensar a ausência num dos poucos momentos de festa para o clube naquela época. Ciente da importância de um título para o Tricolor ainda nesta temporada, ele tem também nos seus números a grande base para acreditar numa boa atuação.

Em nove partidas contra o Vasco, o camisa 9 deixou a sua marca dez vezes. Este ano, durante a pré-temporada, o goleador bateu a defesa carioca na disputa do Super Séries, em Manaus, e abriu o caminho para a vitória tricolor por 2 a 1. Agora, em um compromisso que vale bem mais para a equipe, ele tentará corresponder a todas as expectativas do torcedor.

Veja abaixo a ficha técnica do jogo de 2002:

FICHA TÉCNICA
SÃO PAULO 4 x 0 VASCO

Local: estádio do Morumbi, São Paulo
Data: 17 de abril de 2002, quarta-feira
Horário: 21h30
Árbitro: Carlos Eugênio Simon
Cartão vermelho: Geder (Vasco)
Gols:
SÃO PAULO: Souza, aos dez, e Kaká, aos 44 minutos do primeiro tempo, Belletti, aos 10, e Reinaldo, aos 16 minutos do segundo tempo

SÃO PAULO: Roger; Gabriel, Emerson, Jean e Gustavo Nery; Maldonado, Belletti, Souza e Kaká; Reinaldo (Dill) e Julio Baptista
Técnico: Nelsinho Baptista

VASCO: Helton; Léo Moura, Geder, João Carlos e Leonardo Valença; André Ladaga (André Leone), Donizete Oliveira (Gomes), Jamir, Felipe (Alex Oliveira) e Léo Lima; Romário
Técnico: Evaristo de Macedo

Um comentário em “Fora em goleada, Luis Fabiano tenta igualar feito do clube de 2002

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*