Financiador elogia Centurión e minimiza comentário de Muricy

Substituto de Alexandre Pato no clássico contra o Corinthians, Centurión foi um dos poucos destaques do time na derrota por 1 a 0, no clássico realizado no último domingo, no estádio do Morumbi. Mas ninguém ficou tão empolgado com a atuação do jogador quanto Vinícius Pinotti,responsável pelo pagamento dos R$ 14 milhões que fizeram o São Paulo tirar o argentino do Racing.

– Ele foi espetacular. Foi até surpreendente, porque ainda está no começo e achei que ele iria demorar um pouco para desempenhar um bom futebol. Gostei muito do que vi – afirmou Pinotti

Desde o final de fevereiro o empresário trabalha como diretor adjunto de marketing do clube. Sua principal meta é buscar um patrocinador para substituir a Semp Toshiba, que antecipou o final de contrato, previsto para o mês de dezembro, e saiu após a Copa do ano passado.

Pinotti não quis entrar em polêmica e preferiu não comentar as afirmações do técnico Muricy Ramalho que, antes do Majestoso, colocou a participação do atleta em xeque por causa de uma suposta timidez.

Depois, na entrevista coletiva concedida após a partida, Muricy elogiou o jogador, mas deixou claro que é preciso ter calma porque ele ainda necessitava de regularidade.

– É algo normal, é opinião do Muricy. Não quero me envolver nisso – afirmou.

Apesar de ter investido uma fortuna para contratar Centurión, o dirigente ressalta que tem pouco contato com o jogador.

– Como estou sempre no CT, falo rapidamente, o cumprimento. Mas não tenho nenhum contato mais próximo. Isso eu deixo para a diretoria de futebol – ressaltou.

Destaque contra o Corinthians, Centurión tem boas chances de ser mantido no time titular na partida desta quinta-feira, contra o São Bento, pelo Campeonato Paulista.

 

Fonte: Globo Esporte

5 comentários em “Financiador elogia Centurión e minimiza comentário de Muricy

  1. murici, infelizmente como treinador parou no tempo,
    se na’o sair ja, na’o vamos pra segunda fase,
    muito menos no paulistinha nos mata matas.
    Aqui e’ trabalho ………………………
    na’o sei como pode ser ta’o inocente de falar tamanha merda.
    Observe o Boca que esta jogando, o que e’ um futebol moderno
    e competitivo.

  2. Discordo, acho que Muricy está sendo somente cauteloso pois conhece bem o que é o torcedor. Aqui mesmo já vimos jogadores serem chamados de gênio e depois durante uma fase não tão boa os mesmos serem execrados. E o cara ainda tem muito por fazer para sabermos realmente se vai vingar.

    • Desculpe, Thal Caló, mas não concordo.
      Todos trabalhamos melhor quando reconhecidos. Não cabe ao técnico fazer projeção diferente do que ele vê: cobrar, e até tirar do time, quando não vai bem; e elogiar e botar pra jogar, independentemente de idade ou posição, quem vai. Se não der moral e colocar pra jogar, como o jogador vai crescer???

  3. O Murici é incapaz de conviver com o sucesso daqueles que não fazem parte de seu grupinho, ou que não foram “lançados” por ele. Assim é com todos os jovens que vêm das categorias de base: por melhor que joguem vão, ao invés de elogios e incentivos, ouvir senões que vão, sistematicamente, minar suas seguranças. Não entendo qual é a do cara: deveria levantar, ainda mais, a moral do cara que vai bem, pois se joga melhor com confiança, e ele “detona” aquele momento especial para o jogador. Acredito que com o Centurion isso não vai funcionar: ele me parece bem resolvido….

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*