À espera de Morumbi vazio, São Paulo se defende sobre preços altos

A relação estremecida entre torcida e diretoria tem sido uma das razões da turbulência São Paulo nesta temporada. Os torcedores reclamam da fase ruim do time e a cúpula, na figura do vice-presidente de futebol Ataíde Gil Guerreiro, criticou os públicos pequenos nos jogos importantes deste ano. Por isso, o clube espera novos números decepcionantes nesta quinta-feira contra o São Bento, às 19h30.

– Não temos como cobrar da torcida. Eles estão chateados com o time e esse horário que a Federação Paulista de Futebol (FPF) não é o ideal, pois muitos ainda nem terão saído do trabalho. As chuvas também podem atrapalhar, então não esperamos um público grande. Creio que teremos uns oito ou dez mil, principalmente pela derrota de domingo (1 a 0 para o Corinthians) – disse o vice-presidente de administração e finanças do clube, Osvaldo Vieira de Abreu.

Os dirigentes são-paulinos concordam que o time não tem sido um grande atrativo para os torcedores, mas se defendem quanto às reclamações contra o preço dos ingressos. No Campeonato Paulista, por exemplo, há um preço mínimo estipulado de R$ 40 (R$ 20 a meia-entrada) e que só pode ser menor se os bilhetes forem destinados a sócios-torcedores (R$ 15 a R$ 20).

Na Copa Libertadores da América não há esse limite mínimo, mas o Tricolor tenta tirar proveito para turbinar o sócio-torcedor. Os torcedores comuns precisam desembolsar R$ 120 (arquibancada) por partida na fase de grupos e R$ 300 por um pacote com todos os jogos (agora somente dois). Já os sócios podem ter os mesmo ingressos e combos por R$ 40 (arquibancada) e R$ 100, respectivamente.

Tricolores mais irritados alegam que trata-se de uma manobra do clube para forçar a adesão de novos sócios, mas o São Paulo nega. A defesa é dizer que os jogos dos rivais Corinthians e Palmeiras também apresentam valores altos para não-sócios e que essa é a tendência do mercado.

 

Fonte: Lance!net

4 comentários em “À espera de Morumbi vazio, São Paulo se defende sobre preços altos

  1. Infelizmente essa é mentalidade da diretoria do sao paulo, prefere colocar 6 pagando alto(torcidinha financiada pela diretoria) do que colocar 12 torcedores pagando um pouco menos, prefere colocar 16, 17 mim com esse valor absurdo, do que colocar 30 mil pagando um pouco menos.

  2. Precisamos de um técnico jovem, inteligente e sem preconceitos, principalmente contra os garotos da base, que não tem oportunidade, nem no paulistinha.

  3. E’ claro que e’ para forcar o ST,
    essa alta nesse campionatinho falida,
    e ai tudo fica mais desconfortavel.
    Na Libertador tambem, ao inves de trazer o torcedor
    com precos mais acessiveis esse roubo.
    Assistir um time mau treinado, com jogadores acomodados
    e que acham ainda que o torcedor e’ o responsavel por tudo,
    ai na’o da mesmo.
    Murici e cia com os mesmos erros de sempre, nas substituicoes,
    e em tudo que tem direito, e fica por isso mesmo.
    Coloquem alguem com mais vontade e menos amor, ao clube e aos
    medallhoes, mas que TRABALHE realmente.
    e’ para f

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*