Festa do São Paulo tem dedicatória e Marco Aurélio intrometido

Analisando friamente, o máximo que o São Paulo conseguiu com a vitória em cima do Corinthians neste sábado foi se livrar de vez do risco de rebaixamento. Mas, futebol está longe de ser um esporte frio e calculista. A goleada por 4 a 0 em uma partida que certamente não sairá tão cedo da memória de todo são-paulino teve um sabor especial e rendeu muita comemoração não só nas arquibancadas, mas também do grupo tricolor dentro de campo. Após o apito final, as declarações eram rápidas e claramente tomadas de emoção.<p>

“Uma vitória é sempre importante. Em um clássico, ainda mais pelo momento que a gente tem vivido, um placar elástico… É muito bom. Dá confiança”, falou o capitão Maicon, antes de Rodrigo Caio disparar aos microfones toda sua alegria. “A gente conversou e todo mundo se propôs a se ajudar. Pode ter certeza que quando acontece isso não tem para ninguém”.

De repente, a entrevista do campeão olímpico ainda foi interrompida por Marco Aurélio Cunha. O dirigente se incomodou com a pergunta de um repórter, que abordou o fato da equipe acabar de vez com qualquer possibilidade de rebaixamento no Campeonato Brasileiro. “Zona de rebaixamento coisa nenhuma. Nós nunca tivemos na zona de rebaixamento”, esbravejou o executivo de futebol.

Meio sem graça, Rodrigo Caio tentou não contrariar seu “chefe” na sequência de sua resposta e preferiu valorizar o apoio do torcedor. “Uma vitória diante da nossa torcida, no nossos estádio. A gente conseguiu essa vitória diante do maior rival. É para a torcida, que merece muito”, completou o camisa 3.

A vitória também teve um sabor especial para Andres Chavez. O argentino voltou a marcar um gol depois de dez partidas. “A verdade é que é algo muito lindo e emocionante, melhor jeito de voltar a fazer o gol é em clássico, com casa cheia. A torcida foi muito importante”, disse o centroavante, que talvez só não tenha ficado mais feliz que Luiz Araújo. O jovem fechou a goleada e não se conteve depois do apito final.

“Uma responsabilidade grande pra nós da base e o elenco todo. Somos bem preparados na base para subir para o profissional e dar show, dar espetáculo. Ganhar de 4 a 0 do Corinthians não é pouco”, disse, rindo à toa, mas negando uma festa digna de título. “Não, porque o São Paulo sempre busca títulos especiais. Foi uma vitória importante para acabar com o risco de rebaixamento e sair dessa zona”, resumiu.

 

Fonte: Gazeta Esportiva

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*