Exame detecta estiramento na coxa esquerda de Everton

O meia-atacante Everton, que deixou o duelo com o Ceará (1 x 0) lesionado no último domingo (26), foi submetido nesta segunda-feira (27) a um exame de ressonância magnética que detectou um estiramento no músculo posterior da coxa esquerda.

O jogador já está sob os cuidados do departamento médico e realizará o processo fisioterápico em tempo integral (manhã e tarde), no REFFIS, até reunir condições de jogo novamente, o que deve acontecer somente em três semanas.

Everton, que estreou pelo Tricolor justamente contra os cearenses – no primeiro turno do Campeonato Brasileiro -, é um dos atletas mais efetivos do elenco: participou diretamente de 13 gols em apenas 20 partidas pelo clube: marcou cinco, deu seis assistências e sofreu dois pênaltis, convertidos por Nene.

Sem poder contar com o camisa 22, que naturalmente já não enfrentaria o Fluminense no próximo domingo (2) após receber o terceiro cartão amarelo na vitória sobre o Ceará, o técnico Diego Aguirre utilizará as atividades ao longo da semana para definir o substituto.

Na manhã desta segunda-feira (27) no Centro de Treinamento da Barra Funda, o jogo-treino contra o Nacional-SP (1 x 0) já permitiu que o treinador uruguaio observasse melhor as opções que tem à disposição de olho na partida com os cariocas.

 

Fonte e foto: Site Oficial

4 comentários em “Exame detecta estiramento na coxa esquerda de Everton

  1. Vai fazer falta, espero que o King esteja inspirado pra substituí-lo ou que o Aguirre tenha uma outra opção melhor.
    Tomara que o Reffis o recupere bem e rápido.
    Vamos SPFC !!!

  2. Em algum momento íamos conviver com essa situação, no próximo jogo não teremos 2 dos 3 melhores jogadores… considero o Arboleda parte desse pilar.

    Importante que quem entrar consiga manter o time competitivo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*