Espera por oitavas gera ansiedade, mas fortalece elenco são-paulino

A distância de 14 dias entre a vitória sobre o Corinthians, na última rodada da fase de grupos da Copa Libertadores, e o primeiro duelo das oitavas de final, contra o Cruzeiro, tem gerado ansiedade no São Paulo. Mas, sem o hábito de ficar tanto tempo sem atuar, os atletas, por outro lado, comemoram a possibilidade de se preparar melhor no CT da Barra Funda.

“Dá essa vontade de jogar logo. Mas é importante também para que a gente possa treinar. Com duas competições ou mais, não temos muito esse tempo. É válido esse tempo para que a gente possa chegar em perfeitas condições e fazer um belo jogo contra o Cruzeiro”, disse o lateral direito Bruno, na segunda-feira, dia em que o elenco realizou um treino físico com bola.

A atividade contou com a participação de todos os jogadores, titulares e reservas. Divididos em oito trios, os atletas de linha se revezavam em circuitos com diferentes exercícios de resistência e explosão muscular – todos eles utilizando bola, para cabeceio ou finalização diante dos quatro goleiros. Cada vez que se encerrava um exercício, eles eram reunidos no meio-campo para tiros curtos de corrida.

Fernando Dantas/Gazeta Press

Milton Cruz, técnico interino, terá mais tempo para ensaiar a equipe até a partida de ida das oitavas de final

Como o primeiro jogo contra o Cruzeiro será em 6 de maio, há ainda mais de uma semana para fortalecer os atletas fisicamente e ensaiar a parte tática. De acordo com o planejamento da comissão técnica, os são-paulinos treinarão em dois períodos nesta terça-feira (e também na quinta). Está agendado ainda um ensaio com bola na sexta, no Morumbi, palco do duelo.

“Teremos praticamente dez dias para manter as capacidades físicas dos atletas e, assim, fazer com que eles tenham condições de suportar os 90 minutos nos próximos jogos”, falou o preparador físico José Mário Campeiz, depois de dois dias de folga. “Foi fundamental dar esse descanso aos atletas no final de semana. Agora, com o retorno deles, vamos iniciar a preparação”.

“Será importante preparar os jogadores em todas as áreas, de uma forma global: psicológica, física, tática e técnica. O Milton Cruz (treinador interino) já está estudando o adversário e, com isso, elaboramos os treinos dos próximos dias. Sempre com o objetivo de preservar fisicamente os atletas, porque esse é o nosso objetivo”, acrescentou Zé Mário.

 

Fonte: Gazeta Esportiva

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*