Enquanto faz gols pelo São Paulo, Calleri desperta saudades no Boca

Jonathan Calleri começou muito bem sua passagem pelo São Paulo: três gols e uma assistência em dois jogos. Tão bem que despertou saudades no Boca Juniors, clube que defendeu na última temporada – e pelo qual foi goleador do Campeonato Argentino.

O diário esportivo “Olé”, da Argentina, saiu-se neste domingo com um trocadilho para falar dos gols de Calleri e da estiagem pela qual passa o Boca – empatou ontem por 0 a 0 com o Temperley e chegou a quatro partidas em anotar.

“Jony Tengo Gol” diz a manchete do jornal. Trata-se de uma piada com o nome do atacante do São Paulo (Jonathan) e que numa tradução forçada também quer dizer “Eu não tenho gol”.

Calleri estreou no segundo tempo do jogo contra o César Vallejo, pela Libertadores, na última quarta-feira. Entrou no intervalo e fez o gol do empate por 1 a 1. No último sábado, contra o Água Santa no Campeonato Paulista, Calleri foi titular e anotou dois gols na vitória por 4 a 0 – além de ter dado uma assistência.

Nem por isso o argentino tem vaga garantida no jogo de volta contra o César Vallejo, a ser disputado na próxima quarta, no Morumbi. O técnico Sebastian Bauza afirmou que o time deve ser o mesmo do jogo de ida, com Alan Kardec como titular e o argentino no banco. Para Calleri, tudo bem.

– Fico feliz por ter marcado três gols em um jogo e meio, mas quem decide se vou jogar ou não é a comissão técnica. Eu tenho que trabalhar para meus companheiros – disse o atacante após a goleada sobre o Água Santa.

 

Fonte: Gazeta Esportiva

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*