Encantado com o Brasil, Osorio só reclama de demissões de técnicos

Juan Carlos Osorio é pura felicidade no São Paulo. O treinador colombiano, que chegou ao clube há uma semana e meia, já diz estar adaptado ao Brasil. Frequentador de shoppings e restaurantes da capital paulista, tendo Milton Cruz como seu principal companheiro, o comandante são-paulino elogiou sua nova cidade e seu novo grupo de jogadores.

– Cada dia gosto mais. Único problema e é grande, é ganhar para me manter aqui. Mas estou cada dia mais feliz. A resposta dos jogadores é ótima. Alta intensidade, escuta, seguem as orientações. Treinos muito bons, estou surpreendido. Às vezes se acredita que pelo talento natural do jogador brasileiro, não trabalha forte. Mas agora é comprovado que depende muito do treinado – disse o comandante, completando o raciocínio:

– Aqui é espetacular. São Paulo conheci mais. Há partes de São Paulo que parecem, lembro como se estivesse vivendo na Europa. Entendo que há partes ruins como toda cidade do mundo, mas é extraordinária, a comida, tudo – complementou.

Entretanto, Osorio tem queixa para se fazer sobre o Brasil. De acordo com o treinador, o país tem um péssimo hábito em questão de demissões de treinadores e compara a situação oposta presenciada na Colômbia.

– Lamento muito pelos técnicos que saem. Eu sou colombiano e respeito muito as leis brasileiras, tenho que seguí-las. Deveria existir uma regra que um treinador seja garantido, pelo menos, em metade de um campeonato para poder desenvolver um projeto. Na Colômbia não é permitido trocar. Se um treinador já tem um time, é preciso esperar terminar o campeonato – explicou.

Fonte: Lance

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.