Eleições no Morumbi definirão novo presidente do São Paulo nesta quarta

A oposição do São Paulo ainda mantinha esperança de vencer a eleição presidencial, mas ela se foi no último dia 5. Naquele dia, a chapa da situação, de Carlos Miguel Aidar, elegeu 49 conselheiros com votos dos sócios, contra 31 da oposição. A maioria praticamente define o pleito. A eleição começa às 19h desta quarta-feira e o presidente toma posse de imediato. O eleito terá até 30 dias para apresentar sua nova diretoria.

A eleição no Tricolor é realizada com os votos dos conselheiros vitalícios e os eleitos. Entre os vitalícios, que serão 155, Aidar já tinha vantagem, embora pequena, algo com o qual as duas partes concordavam, pelos números de assinaturas de apoio recolhidas nas campanhas. A situação tinha cerca de dez conselheiros a mais.

Além do sucessor de Juvenal Juvêncio, o São Paulo conhecerá hoje o novo presidente do Conselho Deliberativo, que deve ser Carlos Augusto de Barros e Silva, o Leco. O vice-presidente de Juvenal foi o indicado da situação para o cargo. A oposição não apontou candidato.

 

Fonte: Lance

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*