Dupla cai no ostracismo com Diniz e é preterida até por Sara e Helinho

Hernanes e Alexandre Pato mais uma vez não saíram do banco de reservas neste domingo, na derrota por 3 a 0 para o Grêmio, em Porto Alegre. Detentora de dois dos salários mais altos do elenco, a estrelada dupla foi preterida por Helinho e Gabriel Sara em Porto Alegre e parece ter caído em descrédito com Fernando Diniz.

Contratado para ser o líder do São Paulo em 2019, Hernanes não entra em campo há quatro rodadas. Contra o Athletico-PR, no Morumbi, último jogo que foi acionado, entrou em campo restando apenas cinco minutos para o fim do tempo regulamentar e pouco pôde fazer para evitar a derrota no Morumbi.

O jejum de Alexandre Pato é ainda maior. O atacante tricolor não entra em campo há cinco jogos e deixou de ser uma das primeiras opções de Fernando Diniz depois de não aproveitar a longa sequência que teve como titular na ausência de Pablo, logo no início da trajetória do treinador no São Paulo.

“Eles [Hernanes e Pato] estão nos planos. Do jeito que ficou a partida, optei por outras substituições. Achei até que o Pato era uma possibilidade, mas do jeito que o jogo estava, achei melhor fazer as substituições que fiz”, disse Fernando Diniz, que substituiu Vitor Bueno por Helinho e Juanfran por Gabriel Sara, além de Raniel na vaga de Pablo.

Questionado se havia algum motivo especial para a presença de ambos no banco de reservas há algumas rodadas, Fernando Diniz garantiu que, pelo menos no âmbito comportamental, tanto Hernanes quanto Alexandre Pato são verdadeiros exemplos na rotina de trabalho do Tricolor.

“Eles podem ser utilizados a qualquer momento. A única coisa que tem que descartar é comportamental. Os dois ajudam o tempo todo, são dois seres-humanos ímpares. A questão é eu achar aquilo que pode ser melhor para o São Paulo nesse momento. Estou fazendo as substituições que eu acho que vão fazer o São Paulo andar melhor”, concluiu.

 

Fonte: Gazeta Esportiva

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.