Dorival se diz tranquilo após derrota e vê São Paulo “perto do ideal”

São Paulo perdeu seu segundo clássico na temporada, tem 0% de aproveitamento contra os principais rivais – já havia sido batido pelo Corinthians –, mas Dorival Júnior se disse tranquilo pelo desempenho da equipe. Após a derrota por 1 a 0 para o Santos, no Morumbi, o técnico elogiou a atuação e disse que o Tricolor está próximo de atingir um nível considerado ideal.

– Merecia perder do Corinthians? Merecia perder do Santos? Para mim não tem peso nenhum. Se eu tivesse ganhado os dois jogos jogando mal, eu estaria muito preocupado. Eu iria dormir às cinco, seis da manhã. Estou muito tranquilo com o que estou vendo da equipe. O treinador não faz gols. Ele tem obrigação de tentar levar a equipe até a intermediária adversária e fazer um sistema defensivo que lhe dê tranquilidade, é nisso que trabalhamos. Num conceito de jogo em que os jogadores estão acreditando, e as coisas estão acontecendo. Estamos muito próximos do ideal de jogar com consistência, segurança e alcançar os resultados – afirmou Dorival.

O técnico repetiu insistentemente que vê o São Paulo muito perto de atingir outro patamar. Classificou como injusta a derrota e disse que o Santos fez o gol na única chance que teve.

– Acho que não tem outra palavra (injusta). O Santos fez um grande ataque, foi cirúrgico, foi a única possibilidade real de gol. Não demos outra oportunidade. Ao contrário, criamos inúmeras e não fomos felizes na nossa definição. Temos que conviver com esse tipo de situação. A equipe está mudada, tem outro comportamento, quer muito buscar um acerto. É bem diferente do que víamos no passado, uma equipe insegura. Não tenho dúvidas de que isso vai acontecer e não vai demorar.

Dorival também disse que entende a decepção, e que ela é fruto da superioridade do time.

– O maior problema de uma equipe é não criar. O São Paulo vem criando, fazendo o mais difícil. Estamos muito próximos de um acerto nesse sentido, por isso continuo confiando no que está sendo desenvolvido. Fizemos um grande jogo, não temos que analisar unicamente o resultado, mesmo que o quiséssemos demais. E buscamos. É natural sair decepcionado pelo que se espera, se produz em 90 minutos, e não alcance. A decepção é pelo que fizemos em campo, por merecer um resultado muito melhor.

O São Paulo voltará a campo na quarta-feira, contra o Ituano, fora de casa, às 21h45. Esse jogo foi remarcado em razão da partida do Tricolor diante do CSA, pela Copa do Brasil.

Fonte: Globo Esporte

14 comentários em “Dorival se diz tranquilo após derrota e vê São Paulo “perto do ideal”

  1. Pasmem: o Dorival não faz gol!
    Ele se acha na obrigação de levar o time até a intermediária, dali pra frente… fodam-se.
    Pra chegar até a intermediária, a tal obrigação do Dorivá, não precisa de treinador ganhando R$400centinho e ainda empregando familiares. Um chutão do Sidão e… a bola até passa da intermediária, viu, seo Dorivá.
    Ah, pede pra sair!!!

  2. Acha que perder para os grande é normal?
    Manda esse safado embora já!!!

    Se não trouxerem o Guardiola, tragam o Cuca.
    Fora mosquito de balcão Leco Leco. Esse mosquito é filhote do JJ e torce para o CU rintia.

  3. Atacou os superiores…
    Agora colocou a culpa nos jogadores…
    Não faz gol mas o técnico dirá o ritmo da equipe…
    Coloca as peças…
    Configura seu poder de fogo.
    Ele quis dizer o seguinte.
    Pedi os jogadores e não me deram…
    Deram outros.
    Então não é minha culpa.
    Vsf

  4. É por essas e outras que estamos onde estamos, rastejando como vermes, como um técnico pode dizer que está tranquilo após ver de perto este futebolzinho abaixo de qualquer crítica, se ele acha que estamos próximo do ideal, o ideal pra ele é ser muito ruim porque se melhorarmos um pouco deixaremos de ser abaixo da crítica para ser péssimos, acho que hoje à noite ou no mais tardar amanhã cedo o Rai deve ligar para o Mancini, precisamos urgente substituir o técnico, muito obrigado pelo ano passado mas, deu pro DJ, não dá mais, precisamos e os dirigentes tem a obrigação de tentar salvar o ano que está apenas começando mas já comprometido.

  5. Como eu disse, ja esta a 20 anos PERDENDO, o que é uma derrota mais no currículo PERDEDOR deste cara.

    Para ter alguém assim que pensa pequeno é melhor não ter ninguém na função e economizar o salário do pai e do filho que não acrescentam nada taticamente ao time, pelo contrário sempre que pode dão uma “força” aos adversários.

    • Aliás, no ano passado ficamos muito perto do ideal… que seria conduzir o time para a serie B do Brasileiro. Ele não contava com a presença do Hernanes, o Profeta. Sem ele o IDEAL do DoriMal teria acontecido.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*