Dirigente tricolor ataca arbitragem após empate: ‘Incompetentes!’

Em posição irregular, o zagueiro Paulão colocou o Internacional em vantagem no duelo desta quarta-feira, adiantado da 35ª rodada do Campeonato Brasileiro. Apesar de o São Paulo ter conseguido empatar no segundo tempo, jogadores, o técnico Muricy Ramalho e toda a diretoria do time da casa saíram revoltados com o trio de arbitragem formado pelo trio catarinense Heber Roberto Lopes, Kleber Lúcio Gil e Nadine Bastos. Após o encerramento da partida, o vice-presidente de futebol, Ataíde Gil Guerreiro, bateu duro na arbitragem do empate em 1 a 1.

– Lamentável o que aconteceu. Nunca falo sobre arbitragem, mas nesse caso sou obrigado a dar minha insatisfação total. Erros podem acontecer, mas aconteceu em um momento em que precisamos dos pontos. Os três, árbitro, bandeira e o de trás do gol, estavam tão próximos do lance que era impossível não ver o impedimento. Da mesma maneira que reclamo da total falta de competência da CBF, a verdade é que esses juízes também são incompetentes. Erram para o São Paulo, amanhã erram para outro time – afirmou Ataíde, à Rádio ESPN, minutos após o apito final.

Ataíde Gil Guerreiro ainda foi além no discurso de repúdio à arbitragem. Assegurando que não irá tomar nenhuma posição oficial contra o trio, o dirigente aproveitou para atacar a CBF.

– Não vou fazer reclamação formal na CBF porque não adianta nada. O que eu diria é: CBF, vocês são incompetentes. Podem acontecer erros, mas esse, com dois metros de impedimento e três homens em cima… Não poderia acontecer – bradou.

MURICY REFORÇA CORO DA DIRETORIA:

Em entrevista coletiva concedida minutos após o jogo, o técnico Muricy Ramalho reforçou o coro de Ataíde Gil Guerreiro, dizendo que o erro da arbitragem ao validar o lance de Paulão foi “grosseiro”.

– Não pode um bandeira da Fifa errar deste tamanho. Podia errar pequeno, mas eu estava na linha dele e vi, o cara atrás do gol também poderia ter ajudado. Foi um erro grave, não fui xingar. O Heber disse que o bandeira é ser humano, e é, mas o jogo era decisivo, um campeonato difícil para se tirar a diferença. Esse tipo de erro não dá para aceitar, muito grosseiro. Erraram muito forte em um jogo que era fundamental acertar – afirmou Muricy.

Fonte: Lance

Um comentário em “Dirigente tricolor ataca arbitragem após empate: ‘Incompetentes!’

  1. Todos sabíamos que o Careca Heber é um “operador” do sistema anti-tricolor. A Diretoria também sabia. Fica a pergunta, por quê não enviar protesto antes do jogo? Por quê não agir de forma prévia? Depois do leite derramado, não adianta chorar…o Careca é manjado demais!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*