Dirigente do São Paulo diz que insatisfação de Luis Fabiano é “cíclica”

O futuro de Luis Fabiano ainda é motivo de discussão no São Paulo. Depois de Luis Fabiano ouvir o presidente Juvenal Juvêncio dizer que o atacante não é inegociável e de demonstrar descontentamento com a situação, foi a vez de o vice-presidente de futebol do clube, João Paulo de Jesus Lopes, falar sobre o assunto. O dirigente negou a saída do camisa 9, mas afirmou que a insatisfação do jogador não é novidade.

“Houve sondagens pelo Luis Fabiano, mas nem consideramos. A insatisfação dele há algum tempo foi contra a torcida, e agora com o presidente. São coisas cíclicas. Isso faz parte do temperamento dele e a gente entende. Ele sempre externou o carinho pelo São Paulo”, disse Jesus Lopes ao programa Fox Sports Rádio nesta sexta-feira.

O dirigente ainda tentou esclarecer a declaração dada por Juvenal e que irritou o atacante.

“Não temos interesse no Nilmar e queremos manter o Luis Fabiano. O que o Juvenal disse foi no caso de aparecer uma proposta vantajosa, e isso vale para qualquer jogador. Com o Lucas foi assim”, explicou.

Luis Fabiano falou no intervalo do amistoso contra o Londrina na última quarta-feira que “por enquanto, fica no São Paulo”. O jogador ainda confidenciou para pessoas que não gostou de ter sido colocado à venda publicamente.

Depois, questionado sobre a chance de permanência de Luis Fabiano no clube em uma escala de zero a 10, Jesus Lopes foi enfático: “10”.

Felipe Melo

João Paulo de Jesus Lopes também admitiu que a diretoria está no mercado em busca de reforços, mas praticamente descartou a chegada do volante Felipe Melo.

“Felipe Melo eu posso dizer que, antes de assinar contrato com o Galatasaray, estava com um pé no São Paulo. Hoje, os valores que ele ganha está fora da realidade do clube”, afirmou.

Fonte: Uol

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*