Diferença salarial e luvas travam renovação de Renan com o São Paulo

A negociação do São Paulo para renovação de contrato do goleiro Renan Ribeiro está travada. O vínculo atual do jogador vence em 28 de maio de 2018 e, após duas rodadas de conversas, as partes ainda possuem divergências no que se refere a salários e luvas contratuais. Há acordo pelo tempo do novo contrato: até o fim de 2021.

Há cerca de duas semanas, o São Paulo fez uma primeira proposta, mas ela foi recusada pelos representantes de Renan, que então fez uma contraproposta. Ainda não houve resposta do clube. No entanto, a diretoria não se encontra disposta a ceder.

O São Paulo diz ter oferecido pacote superior aos que recebem Denis e Sidão, as outras duas opções do clube para o gol. Da parte de Renan, a informação é negada. O desacerto com relação às luvas são pela forma de pagamento.

Enquanto a diretoria quer diluir o valor durante o tempo de contrato de cinco anos, da parte do goleiro a preferência é por receber montante à vista. A alegação é de que a última vez que acertou um contrato foi em sua chegada ao clube, em 2013. São quase cinco anos nas mesmas condições.

As partes ainda vão conversar novamente e há entendimento dos dois lados de que é possível ceder para encontrar um meio termo. Renan já declarou que sua intenção é permanecer e o Tricolor, embora busque outro goleiro, quer a renovação.

Renan se fixou como titular este ano. Disputou todos os jogos do Campeonato Brasileiro e, aos 27 anos, se vê diante da oportunidade de sua carreira profissional. Ele tem a concorrência de Denis, cujo contrato vence no fim do ano e não deve ser renovado, além de Sidão, contratado este ano por indicação de Rogério Ceni. O vinculo do goleiro vence em dezembro do ano que vem.

O São Paulo ainda tem Lucas Perri, formado na base, para o gol. Como Denis deve se despedir, a diretoria já decidiu que buscará outro goleiro para disputar posição com Renan, caso a renovação seja concretizada. Se não acontecer, a contratação já iniciaria o ano como titular do gol.

 

Fonte: Lance

4 comentários em “Diferença salarial e luvas travam renovação de Renan com o São Paulo

  1. RRibeiro é um goleiro incompleto (não sabe sair do gol) e inseguro…Agora, sem uma indicação de sua renovação, esse quadro vai piorar…arriscado manter um jogador como titular no time nessa situação….precisamos de um goleiro de respeito urgente para 2018!!!

  2. Goleiro é cargo de confiança, já cansei de falar…

    Daqui a pouco ele começa a levar mais gols ainda e ai vão chorar o leite derramado…

    Tem que por na reserva até acertar a renovação, se não acertar ruaaaaaaaaaaaa….

  3. Olha só a falta de gestão do clube some-se o que os três goleiros medianos do elenco ganham deve da uns 600, 700 mil , com esse valor trazemos um goleiro top de seleção, e põe o Lucas Perri no banco, ou alguns destes medianos q ganhe menos na reserva…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*