Destaque tricolor, Jadson aposta em novo desafio

O meio-campista Jadson viveu uma semana agitada após o empate sem gols contra o Flamengo, em Brasília, no último domingo. Após perder um pênalti contra os cariocas, o jogador não se abateu e continuou trabalhando firme no Centro de Treinamento da Barra Funda. Nas últimas atividades, o camisa 10 ganhou a concorrência de Lucas Evangelista e Ademilson, mas nem por isso abaixou a cabeça e manteve a mesma tranquilidade e profissionalismo de sempre.

Neste domingo (25), contra o Fluminense, no Morumbi, o atleta quer aproveitar o incentivo da torcida e lutar por mais uma vitória no Campeonato Brasileiro de 2013. “A questão de superação e de querer ganhar é de toda a equipe. Estamos tentando e buscando isso nos jogos e demonstramos uma boa evolução na defesa e no ataque. Sei que estamos no caminho certo e espero que nesse jogo a gente possa vencer para iniciar a nossa arrancada. Queremos deixar a zona do rebaixamento e brigar pelas primeiras posições, porque a competição está muito embolada ainda”, afirmou Jadson.

E para se manter entre os titulares, o armador tem se dedicado nos treinos, porque o técnico Paulo Autuori ainda terá mais um dia para definir a escalação. Nesta sexta-feira (23), Ao treinador montou a equipe titular com Rogério Ceni; Douglas, Rodrigo Caio, Rafael Toloi e Reinaldo; Wellington, Fabrício, Jadson e Paulo Henrique Ganso; Osvaldo e Luis Fabiano. Depois, no segundo tempo do coletivo, o São Paulo foi escalado com Rogério Ceni; Douglas, Rafael Toloi, Antonio Carlos e Reinaldo; Rodrigo Caio, Wellington, Paulo Henrique Ganso e Lucas Evangelista; Ademilson e Luis Fabiano.

“Tem sido uma semana muito boa e me esforcei bastante na parte física e tática. O Paulo (Autuori) é muito correto em suas atitudes e tem o respaldo de todo o grupo. Ele tem demonstrado confiança e estou tentando mostrar o meu trabalho. Infelizmente não consegui fazer o gol contra o Flamengo, mas estou de cabeça erguida para continuar batalhando. Todos os jogadores do elenco têm condições de jogar, como o Lucas Evangelista e o Ademilson, e quero ajudar mesmo se começar do banco”, completou Jadson, que foi campeão da Copa das Confederações deste ano com a Seleção Brasileira.

 

Fonte: Site Oficial

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*