Descobridor de novo Rogério, auxiliar de Osorio ganha moral

Além da ascensão recente do São Paulo, é notória nos últimos dias a confiança que o técnico Juan Carlos Osorio tem recebido dos tricolores, principalmente em comparação aos trágicos momentos após a derrota por 3 a 0 para o Goiás e por 2 a 1 para o Ceará, em pleno Morumbi. O colombiano que tem andado com o moral lá em cima no CCT da Barra Funda, no entanto, atende pelo nome de Luis Pompilio, descobridor do “Neymar do Nordeste”.

Auxiliar trazido por Osorio para ajudar nos treinamentos, Pompilio teve papel importante na chegada do novo xodó da torcida. Rogério, escalado como titular pela primeira vez diante do Internacional e dono de boa atuação diante dos gaúchos, foi trazido após a comissão descobrir uma carência de jogadores rápidos no ataque. Com a saída de Jonathan Cafu, que não agradava muito o comando, o problema ficou ainda mais claro.

“O Luis (Pompilio) viu muitos jogos em um trabalho intenso. A janela para transferências do exterior já havia fechado e só podíamos trazer alguém que viesse da Série B. Foi ele quem acompanhou de perto Rogério e nos trouxe esse nome. Faço questão de elogiá-lo”, avaliou o comandante tricolor.

“Quando o Milton Cruz nos ajudou na descoberta do Luiz Eduardo, eu elogiei. Agora, tenho de reconhecer o trabalho do Luis”, justificou Osorio. A lembrança da contribuição de seu outro auxiliar, Milton Cruz, se deu por ele ter intermediado o primeiro contato com o zagueiro Luiz Eduardo, que estava jogando a Série D pelo São Caetano.

Para o treinador são-paulino, o desafio agora é não deixar que o sucesso suba à cabeça do atleta. Com 24 anos, Rogério já teve uma chance em time grande, mas acabou decepcionando na péssima campanha feita pelo Botafogo no Brasileiro do ano passado, quando os cariocas foram rebaixados.

“Eu conheço pouco o Rogério, mas eu acho que é um jogador de time”, relatou o chefe “Me parece muito tranquilo, calmo, boa pessoa. Boa gente. Eu creio que misturou-se muito bem com outros atletas. Contra o Internacional ele foi a novidade e recebeu muitos elogios, mas o mais importante é o trabalho de equipe”, encerrou.

 

Fonte: Gazeta Esportiva

 

Nota do PP: posso estar enganado, mas em três meses o Luiz Pompilio descobriu um talento maior que a soma de todos os descobertos por Milton Cruz nos últimos três anos.

4 comentários em “Descobridor de novo Rogério, auxiliar de Osorio ganha moral

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*