Denilson se incomoda com indecisão na renovação de contrato

Um ano e meio após voltar ao Brasil, Denilson demonstra que está feliz e adaptado ao seu país e ao São Paulo. O jogador disse que quer permanecer no clube paulista após o fim do seu contrato no mês de junho e já demonstra incômodo pela indecisão sobre a renovação.

Segundo o volante, seu contrato termina em 30 de junho e a diretoria ainda não se manifestou sobre o prolongamento do acordo. Ele pede pressa para resolver a situação e ficar com a cabeça tranquila para desempenhar seu futebol.

“Junho está próximo. Se o São Paulo chegar para mim amanhã e disser que eu fico será uma alegria imensa. Sempre foi minha vontade permanecer. Se deixar para depois, vou ficar incomodado. Quero estar com a cabeça tranquila, resolver minha coisas particulares para eu poder trabalhar sem problemas”, disse.

Denilson foi contratado em julho de 2011 após cinco temporadas defendendo o Arsenal, da Inglaterra. Ele afirma que ainda não teve conversas com dirigentes do São Paulo ou do clube inglês sobre seu futuro.

“Não tive nenhuma conversa direta com diretores do São Paulo e do Arsenal. Quero cumprir meu contrato com profissionalismo, espero ficar, mas quero que resolvam. Junho está longe, mas ao mesmo tempo está próximo. Quero que resolvam para eu ficar com cabeça no São Paulo e ajudar meus companheiros”.

Sem saber seu destino, Denilson está focado em conquistar títulos no primeiro semestre. Seu principal objetivo é a Copa Libertadores que começa no próximo dia 23, no duelo contra o Bolívar, no Morumbi. “Esse ano de 2013 quero ganhar mais títulos. O São Paulo merece muito mais que a Sul-Americana. Vamos buscar muitos titulos neste ano”, finalizou.

Fonte: Uol

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*