Denilson ignora chance de 1% para título: “O que vale é em campo”

Encerrado o primeiro turno do Campeonato Brasileiro, o São Paulo tem 1% de chance de sercampeão, segundo cálculo do matemático Tristão Garcia. Por nunca ter gostado de contas e por acreditar no time (atualmente quinto colocado), Denilson não desiste do sonho.

“Não entendo muito de matemática”, disse, rindo. “Mas o que vale é em campo. Ganhando os jogos de meio a zero, o São Paulo vai somando seus pontinhos e subindo na tabela. Daqui a pouco, o time já está em primeiro lugar. Acredito muito nesse elenco e tenho certeza de que vamos dar uma engrenada boa”.

A distância para o ponteiro Atlético-MG, que tem um jogo a menos, é de 12 pontos. Para o quarto colocado Vasco, último time da zona de classificação para a Copa Libertadores, ela é menor: quatro pontos. Segundo os cálculos, a chance de o São Paulo retornar ao torneio continental depois de dois anos é de 12%.

É assim, degrau por degrau, que a equipe se motiva. Após derrotar o Corinthians e engatar a segunda vitória consecutiva na competição, tem pela frente o Botafogo, na quinta-feira.

“Foi uma merecida vitória, a gente se dedicou mais do que 800%. O Corinthians começou muito bem e poderia ter matado o jogo, mas fizemos os gols nas oportunidades que tivemos. Foi muito bom vencê-los no Pacaembu depois de seis anos. Um passo de cada vez”, comentou o camisa15.

O técnico Ney Franco comanda na manhã desta quarta-feira, no CT da Barra Fundo, o treinoapronto para o confronto do dia seguinte, no Morumbi. A novidade será o retorno do lateral esquerdo Cortez, que não disputou o clássico por conta de suspensão pelo terceiro cartão amarelo.

Fonte: Gazeta Esportiva

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*