Decisivo e dono de marca histórica em clássicos, Kardec quer brilhar outra vez

Quarta-feira, às 22h (horário de Brasília), na arena de Itaquera, Corinthians e São Paulo disputam o primeiro Majestoso válido por Taça Libertadores. Jogo de rivais, cheio de tensão, expectativa e com cara de decisão. Cenário perfeito para o torcedor do Tricolor depositar sua esperança em um jogador em especial: Alan Kardec.

Isso porque, nos últimos tempos, se tem clássico, tem gol do atacante. No ano passado, ele alcançou uma marca inédita: foi o primeiro jogador a fazer gol nos quatro grandes clubes de São Paulo em clássicos. Pelo Palmeiras, marcou contra Corinthians, Santos e o próprio Tricolor, equipe pela qual balançou as redes contra o Alviverde em 17 de agosto de 2014.

– Uma marca importante, interessante e até diferente. Para fazer gols nos quatro grandes em um ano, não acho que fui só eu. Mas em clássicos, é muito mais difícil, não sei em quanto tempo teremos outro jogador com essa capacidade. Fico muito feliz, foi algo que eu alcancei, ficou marcado, as pessoas lembram disso – afirmou, em entrevista ao GloboEsporte.com.

Kardec atribui o bom desempenho a diversos fatores. Cita até a sorte. Mas o lado decisivo nos clássicos não vem de agora. O primeiro gol como profissional, por exemplo, foi em um Vasco x Botafogo, em 2007. Ele admite que também tem estrela para esse tipo de jogo. E espera que ela volte a brilhar nesta quarta-feira, contra o Corinthians.

– Em muitos clássicos que disputei, fiz gols e coisas boas para ajudar o time. Tenho um pouco de sorte, um pouco de estrela, e isso é reflexo do meu trabalho. Sempre respeitei a todos e os bons resultados aparecem nos clássicos. Espero que mais uma vez eu tenha essa sorte, minha estrela brilhe e possa ajudar o São Paulo – falou.

Se já entrou na história por conta da marca inédita de 2014, Alan Kardec sabe que, se balançar as redes nesta quarta-feira, pode dar outro passo para se colocar ainda mais entre os grandes da história dos clássicos.

– Tem duas situações que podem marcar um jogador: os títulos e os clássicos. Hoje, você liga a televisão e vê ídolos de grandes equipes passando em função dos clássicos. Esse jogo pode ser marcante e eu quero que seja assim. Quem sabe eu não posso fazer uma história assim também? É um clássico que pode mudar a vida de muitos – completou.

Embora Muricy Ramalho faça muito mistério sobre o time que escalará, Alan Kardec deve começar como titular no ataque do São Paulo.

 

Fonte: Globo Esporte

Um comentário em “Decisivo e dono de marca histórica em clássicos, Kardec quer brilhar outra vez

  1. Estou esperando Kardec no banco e o Maicon como terceiro volante, pouco mais à frente do que Denílson e Souza, com apenas o LF na frente. Vamos aguardar como pensa o Murici…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*