De indispensável a substituível: Nenê não vive bom momento

Nenê não vive boa fase no São Paulo. Principal líder do elenco no primeiro turno, que o Tricolor terminou na liderança do Campeonato Brasileiro, o meia caiu de produção e não tem mais conseguido ser decisivo. Longe disso, tem tido atuações discretas.

O camisa 10 do São Paulo foi substituído por Aguirre nos últimos três jogos do time no Brasileirão: empate por 2 a 2 com o Botafogo e derrotas para Palmeiras e Internacional.

Vice-artilheiro do Tricolor na temporada, com 12 gols, Nenê não balança as redes desde o primeiro jogo deste segundo turno, o empate por 1 a 1 com o Paraná.

Aos 37 anos, Nenê se tornou a principal fonte de criação daquele São Paulo que surpreendeu no primeiro turno do Campeonato Brasileiro.

Só que neste segundo turno, em especial nas últimas rodadas, Nenê não tem feito mais a diferença. Na derrota por 3 a 1 para o Inter, no domingo, o meia teve dois bons momentos apenas: uma falta que passou perto do gol de Marcelo Lomba e um chute de fora da área com perigo.

O mau momento não é exclusividade de Nenê. O elenco todo do São Paulo não vive uma boa fase. Aguirre quer encontrar novamente o caminho das vitórias para ainda sonhar com o título, mas a distância de sete pontos para o líder ficou pesada.

A próxima chance de voltar a vencer no Brasileirão será no sábado, às 19h (de Brasília), contra o Atlético-PR, no Morumbi, pela 30ª rodada da competição.

Fonte: Globo Esporte

6 comentários em “De indispensável a substituível: Nenê não vive bom momento

  1. Pelo amor de Deus, não contratem mais velho!!
    Rogerio Ceni trouxe Sidão, Rivaldo, Cicero, Luiz Fabiano de novo e ai gostaram da idéia e trouxeram Nene, Diego Souza.
    Subiram o Jardine prá que,

  2. O problema é o seguinte: Vamos esquecer o titulo pq não da mais o lider do campeonato estava 9 pontos atras de nós hoje tem 7 na frente e vamos ser honestos o time deles é mil vezes superior ao nosso. Como não tem mais perigo de rebaixamento eu demitira o tecnico, colocaria o Jardini afastava Nene, Diego Sousa, Anderson Martins, jucilei, Bruno Peres que até agora não disse pq veio, colocaria jogadores da base eja ia amadurecendo o time pra 2019. Mais alguem vai dizer po e a libertadores eu respondo com esse time vamos passar vergonha, então é melhor ir ajeitando a casa para o ano que vem.

  3. Acredito q o baixo desempenho, e por causa dos companheiros, o time sem o Everton fica muito maia lento, e com o jucilei mais ainda, por mais que eu goste do jucilei.

  4. É a draga de quem renova contrato com o São Paulo. Impressionante como uma renovação de contrato afeta o desempenho de qualquer jogador que passa pelo São Paulo

    • Também já observei isto, Bruno! Não é de hoje que isto vem acontecendo. Parece que os cara chegam para o S.Paulo com a única opção de ir ficando, já que o clube sempre oferece salários altos e prazos gigantes. Jogam sério até aparecer algum resultado pessoal, daí juram amor eterno, e lá vai contrato renovado com salário alto e prazo a sumir de vista. Tá na hora de negociar parte dos salários por produtividade e metas atingidas…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*