Cueva se cobra por gols perdidos e mostra abatimento: “Nunca errei tanto”

Cueva fez de pênalti o gol da vitória do São Paulo por 3 a 2 sobre o São Bento, nesta terça-feira, no Morumbi, mas saiu de campo abatido. O peruano se cobrou por ter perdido chances claras na frente do goleiro Rodrigo Viana. Depois de desperdiçar as oportunidades, ele viu o São Bento chegar ao empate em golaço de Régis Souza, aos 31 minutos.

Mas o próprio camisa 10 se redimiu ao converter a penalidade sofrida por Chavez, aos 41 minutos da etapa final. Na comemoração, ele se apoiou em uma placa de publicidade e cobriu o rosto, mas foi apoiado pelos companheiros.

Pratto, duas vezes de cabeça, e Pitty também marcaram. Depois do jogo, o técnico Rogério Ceni puxou o meia para uma conversa particular e ele admitiu abatimento.

– Sim. Não tem nada mal que ele bata o pênalti. Senti confiança depois de errar tantos gols. Nunca errei tanto. Equipe não mereceu ganhar dessa forma. Creio que somos um time que joga bem o futebol. Não gosto de ganhar assim. Não estava indeciso (no pênalti). Queria tirar o peso. Pude marcar. É distinto a forma de ganhar, manejar o jogo. Não pode acontecer isso. Vou falar com os meus companheiros. Temos que tratar de corrigir os erros. Sempre vamos ter que buscar o resultado, em casa ou fora. Rogério disse que não para abaixar a cabeça, para seguir adiante –  disse Cueva.

Com a vitória, o Tricolor continua na liderança do Grupo B, agora com 10 pontos. Na sexta rodada do Campeonato Paulista, o time encara o Novorizontino, sábado, às 19h30, fora de casa.

 

Fonte: Globo Esporte

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*