Cueva diz ter pedido desculpas a Rodrigo Caio: “Foi um erro meu”

O meia Christian Cueva foi à sala de imprensa do CT do São Paulo, no fim da tarde desta segunda-feira, para explicar o incidente envolvendo ele e Rodrigo Caio. No sábado, na saída do Morumbi, após o empate em 2 a 2 com a Ponte Preta, o peruano, ao ser procurado pelos jornalistas, disse que eles deveriam “procurar por Rodrigo Caio”.

Foi uma clara demonstração de irritação com uma declaração do zagueiro em entrevista coletiva na última quinta-feira. Na ocasião, Rodrigo Caio disse que Cueva deveria “tentar se ajudar” (clique aqui e veja como foi a entrevista do zagueiro).

Por orientação da diretoria e da comissão técnica, houve uma reunião do elenco antes do treino desta segunda-feira, no CT. Os dois acabaram conversando e se entendendo.

– Nós nos falamos por WhatsApp e, hoje, conversamos. Foi bom. Depois de tudo isso, também falamos com o grupo. Mas quero falar que o erro foi meu. Na semana passada, falaram o que o Rodrigo falou de mim, não escutei ele falar, só vi a imprensa. Foi um erro meu e peço desculpas ao meu companheiro, que é um cara legal – afirmou o peruano.

– O São Paulo precisa de mim, precisa do Rodrigo Caio, precisa de todos, precisa da torcida – completou.

Sobre a reunião com restante do elenco, Cueva se esquivou:

– Não vou falar sobre isso. Mas estou em clube grande e sempre estou pressionado. Mas a conversa que tivemos é assunto interno, não vou falar. Como não falam sobre conversas com a família – disse o jogador.

Ao ser questionado se é justo ter perdido a vaga de titular, Cueva respondeu:

Ele admitiu ter tido uma queda de rendimento:

– Falaram muito que tive proposta e estou chateado porque não saí, mas isso é secundário. Vim ao São Paulo porque quis, porque sei como o São Paulo é grande. Uma proposta do estrangeiro será tratada internamente. Mas meu rendimento não caiu por causa disso.

Cueva terminou a coletiva mandando um recado:

– Eu nunca vou me esconder nos momentos ruins do meu grupo. Assim como fiz nos momentos bons, nos momentos ruins também vou dar a cara.

O próximo jogo do São Paulo é domingo, contra o Vitória, em Salvador, em mais um confronto direto na luta contra o rebaixamento.

Cueva demonstrou confiança na recuperação do time:

– Sabemos a situação que estamos. Não adianta falar algo que não vai ajudar o grupo. Entendemos a torcida, mas o grupo, independentemente de tudo que aconteceu, sabe que vai sair dessa. O São Paulo é grande. Não vai cair.

Ele entende que a equipe já demonstrou evolução no jogo contra a Ponte Preta:

– Lógico que sim, tivemos uma melhora. O resultado não aconteceu. Independente de quem jogue, o time está evoluindo. Saí chateado porque jogamos bem, fizemos para ganhar o jogo, mas o futebol é assim. Teve um pênalti. Mas temos de procurar melhor no dia a dia porque estamos num time grande.

Fonte: Globo Esporte

2 comentários em “Cueva diz ter pedido desculpas a Rodrigo Caio: “Foi um erro meu”

  1. Isso só mostra a omissão do Pinotti, fosse um gestor de verdade não deixaria está situação se expor tanto e tb não jogaria a culpa no Mito.
    É um show de incompetência.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.