Cueva divide galera, gesticula ao sair e bate papo ao pé do ouvido com Ceni

ueva até melhorou no primeiro tempo, mas voltou a errar demais na etapa final e foi substituído novamente, na vitória do São Paulo por 2 a 0 sobre o Avaí, na noite desta segunda-feira, no Morumbi – quando ele saiu para a entrada do volante João Schmidt, aos 35 minutos, o time vencia por 1 a 0.

Chateado, o peruano acenou para o substituto com um sinal de polegar e, ao caminhar para o banco de reservas, gesticulou bastante. Ele foi consolado pelos companheiros.

O time melhorou depois da mudança de Rogério Ceni. Schmidt voltou a dar solidez ao meio-campo e o Tricolor, que não conseguia ficar com a bola, criou três chances: uma com Pratto e duas com Luiz Araújo, que acabou marcando em lance individual.

Depois do apito final, Cueva cumprimentou os companheiros e saiu conversando ao pé do ouvido com Ceni. O papo só terminou porque jogadores do Avaí se aproximaram para cumprimentar o ex-goleiro. O meia continuou andando e foi abraçado por Buffarini.

Cueva deixa o campo ao apito final em conversa com Ceni: tom tranquilo após reclamação na substituição (Foto: Alexandre Lozetti)Cueva deixa o campo ao apito final em conversa com Ceni: tom tranquilo após reclamação na substituição (Foto: Alexandre Lozetti)

Cueva deixa o campo ao apito final em conversa com Ceni: tom tranquilo após reclamação na substituição (Foto: Alexandre Lozetti)

Capitão do São Paulo nesta noite, Lugano esperou por todos os jogadores e pela comissão técnica na porta do vestiário para recebê-los após a vitória. Cueva foi um dos acarinhados.

Na substituição, um dos setores do Morumbi, o menos populoso, esboçou vaiar o camisa 10, mas foi abafado pelo público mais habitual do estádio, que aplaudiu o jogador apesar da má atuação.

Na zona mista após o jogo, o peruano, convocado na sexta-feira passada para os amistosos da sua seleção, passou pelos jornalistas e não quis falar.

Fonte: Globo Esporte

Um comentário em “Cueva divide galera, gesticula ao sair e bate papo ao pé do ouvido com Ceni

  1. Muito “estrelinha”. Está na hora de enquadra-lo. Desde que retornou da seleção peruana contundido é apenas uma sombra do que jogava. Às vezes passa a impressão de que está fazendo “corpo-mole”. Será que tem proposta para sair para a Europa? Sua atitude em campo é, no mínimo, estranha.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*