Corinthians goleia São Paulo por 6 a 0 e aumenta supremacia na temporada

Apenas dois dias depois de vencer o São Paulo pela segunda vez em dois clássicos disputados nos gramados neste ano (Libertadores e Paulista), o Corinthians presenteou o seu torcedor nesta terça-feira com mais um triunfo sobre o arquirrival. Desta vez, a vitória foi de goleada e veio na estreia dos clubes na Liga Paulista de Futsal. Com um incontestável 6 a 0, no ginásio do Parque São Jorge, o Timão demonstrou que está muito forte em 2015. Elisandro, Leandro, Deives, Simi, Caio e Neto fizeram os gols alvinegros.

– Ainda estamos longe do ideal, mas a gente fica feliz pelo resultado e pelo empenho. Estamos no caminho certo e quero parabenizar a nossa torcida pelo grande apoio – afirmou o ala Deives.

Após o Majestoso, os times voltarão a jogar pela Liga Paulista na próxima sexta-feira. A partir das 20h (de Brasília), o Corinthians vai encarar o Guaratinguetá, no Ginásio do Itaguará, em Guaratinguetá. No mesmo horário, o São Paulo, que fez parceria com o São Bernardo para esta temporada, receberá o Campinas, às 20h, no Adib Moisés Dib, em São Bernardo do Campo.

O JOGO

Aproveitando o fato de atuar em casa e ser muito superior tecnicamente, o Corinthians começou dominando as ações. Na base do toque de bola, os alvinegros tentavam encontrar o momento certo para dar o bote. Bem postada, a defesa do São Paulo neutralizava as investidas do arquirrival e tentava encaixar contra-ataques, que eram finalizados principalmente pelo pivô Pesk. Mas foi com Ítalo que o Tricolor quase abriu o placar, quando faltavam 14 minutos para o fim do primeiro tempo. O camisa 4 deu um forte chute de longe e obrigou o goleiro Guitta a fazer grande defesa.

Após o susto, o técnico Lucas Chioro fez algumas mudanças na formação corintiana. Contratado para esta temporada, o pivô Elisandro entrou com muita vontade na vaga de Simi e criou boas oportunidades para abrir o placar. Mas, assim como os são-paulinos, os donos da casa pecavam nas conclusões das jogadas. Elisandro perdeu ótima oportunidade na cara do gol. O lance acendeu o Timão, que passou a encontrar um pouco mais de espaço na retaguarda adversária. Caio era quem mais incomodava os tricolores. Mas lá estava o arqueiro Greuto para salvar o São Paulo com boas defesas, como num bonito lance individual de Valdin em que ele desviou a bola pela linha de fundo. Porém, na cobrança do escanteio, o camisa 18 nada pôde fazer após Elisandro completar para o fundo da rede tricolor: 1 a 0 para o Corinthians com o cronômetro apontando 1min50s para o fim da primeira etapa.

O segundo tempo começou quente. Com menos de um minuto de bola rolando, após dividida de bola, o pivô Pesk deu um chute nas costas do consagrado fixo Neto e levou o cartão vermelho, deixando o São Paulo com um homem a menos por dois minutos. Aguerrido, o Tricolor conseguiu se segurar na defesa e fez com que os corintianos não aproveitassem a vantagem numérica. Entretanto, mesmo já com cinco jogadores em ação, o Tricolor sofreu o segundo gol, quando Munim lançou do meio-campo na medida para Leandro tirar de Greuto para ampliar o placar, faltando pouco mais de 15 minutos para o fim do Majestoso.

Apesar do início violento, o restante da etapa final transcorreu sem problemas disciplinares. O que se viu foi o Corinthians mandando em quadra e o São Paulo mantendo a cabeça no lugar e tentando algumas investidas para balançar a rede alvinegra. Porém, assim como tem acontecido nos gramados em 2015, o Timão tem sobrado diante do Tricolor. Em bela jogada pela ponta esquerda, Deives marcou um golaço. O camisa 10 tabelou com Rafa, invadiu a área pela esquerda e deu um toque por baixo da bola para encobrir o goleiro Greuto: 3 a 0.

Nem o terceiro gol sofrido tirou a vontade são-paulina. Raçudo, o time tricolor partiu para cima e criou pelo menos três boas chances de gol, todas evitadas pelo inspirado goleiro Guitta. Mas a boa fase no clássico definitivamente está do lado corintiano. Faltando 5min16s, Greuto derrubou Neto e o juiz Michel Jean Bonnaud marcou pênalti. Simi bateu no canto direito e Filó, que entrara apenas para a cobrança, defendeu com estilo, evitando o quarto gol do Timão. Haveria um tira-teima. Faltando 3min26, o Corinthians teve outro pênalti. E, desta vez, Simi chutou no mesmo canto, mas levou a melhor sobre Filó. Menos de um minuto depois, Caio caiu pela esquerda e chutou na saída de Greuto para balançar a rede a favor dos mandantes pela quinta vez na partida. Ainda tinha tempo para Neto aproveitar rebote, após bola na trave chutada pelo goleiro Guitta, para fazer o sexto e fechar o placar.

Fonte: Globo Esporte

4 comentários em “Corinthians goleia São Paulo por 6 a 0 e aumenta supremacia na temporada

  1. Mas no futsal não é o SPFC!
    O SPFC apenas deixa um timinho de 3ª usar o uniforme !
    É uma parceria, mas apenas com materiais e uniformes, não é nada do SPFC!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*