Conversa entre Ney Franco e Rogério Ceni selou as pazes e encerrou o assunto

O técnico Ney Franco e o goleiro Rogério Ceni conversaram no vestiário após a partida do São Paulo contra a LDU de Loja e selaram as pazes após a discussão que tiveram durante a partida. Foi o que contou o vice-presidente de futebol do Tricolor, João Paulo de Jesus Lopes.

“Logo depois do jogo eles conversaram, e assunto encerrado. O diretor de futebol [Adalberto Baptista] falou com um, falou com outro e depois os dois conversaram entre si”, explicou o dirigente ao UOL Esporte.

Questionado se houve pedido de desculpas entre as partes, Jesus Lopes saiu com uma resposta curiosa. “Isso são questões internas do clube. Não é uma novela da TV Globo”.

O goleiro Rogério Ceni pela primeira vez deixou claro uma tentativa de interferência no trabalho do técnico Ney Franco no São Paulo na partida contra a LDU de Loja pela Copa Sul-Americana, algo que ele já havia feito com alguns antecessores no Tricolor. A diferença é que o atual treinador fez questão de afirmar publicamente que colocará resistências a esse tipo de conduta.

Rogério Ceni implorou no segundo tempo do empate sem gols no Morumbi nesta quarta-feira pela entrada de Cícero, pois queria um homem de referência na área, mas Ney Franco optou por colocar Willian José em campo, fato que deixou o goleiro desesperado.

“Não aprovo, acho que é cada um na sua, cada um fazendo sua função. Se eu achasse que o Cícero tivesse que entrar, eu colocaria, então eu não aprovo”, explicou um irritado Ney Franco logo após o jogo.

Fonte: Uol

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*