Contra Goiás, São Paulo tenta fechar rodada mais perto do líder

A não ser pelo desgaste físico da folga cancelada e da semana que vem mais apertada, ter tido seu jogo contra o Goiás adiado não foi tão ruim como o São Paulo supunha. O time poderia cair até da segunda para a sexta colocação antes de ir a campo nesta segunda-feira, mas não só se manteve no G-4 como viu o Cruzeiro tropeçar e dar chance de nova aproximação.

Se vencer o compromisso no Morumbi, a partir de 20h30 (de Brasília) desta segunda-feira, a equipe treinada por Muricy Ramalho reassumirá a vice-liderança do Campeonato Brasileiro, momentaneamente tomada pelo Atlético-MG, e ainda diminuirá de oito para cinco pontos a distância para o primeiro colocado, que foi a 61 com o empate de sábado contra o Figueirense.

Nas últimas vezes em que o campeão de 2013 tropeçou nesta edição, porém, a diferença não caiu. Foi assim na rodada passada, por exemplo. Ocasião em que, mesmo sabendo do empate do Cruzeiro mais cedo, o São Paulo não saiu do zero diante da Chapecoense, muito em função do fato de ter atuado com um jogador a menos, depois de expulsão de Paulo Miranda.

Djalma Vassão/Gazeta Press

Time do técnico Muricy Ramalho tem mais uma chance de se aproximar do Cruzeiro

O zagueiro, que vinha atuando improvisado na lateral direita, é um dos quatro desfalques no Morumbi. O também zagueiro Rafael Toloi e o meia Kaká receberam o terceiro cartão amarelo e igualmente cumprirão suspensão automática, ao passo que o atacante Alexandre Pato segue com edema na coxa esquerda. Os substitutos devem ser Auro (Hudson), Antônio Carlos, Michel Bastos e Luis Fabiano, respectivamente.

Em zona intermediária da tabela, distante tanto da faixa de classificação para a Copa Libertadores quanto da zona de rebaixamento, o Goiás faz campanha segura e já seduz Ricardo Drubscky a seguir no comando, inclusive. Mas, antes de pensar na próxima temporada, o treinador se preocupa em armar sua equipe para atuar no Morumbi.

O clube visitante tem desfalques para o jogo desta segunda. O atacante Samuel está vetado pelos médicos, e Bruno Mineiro é o mais cotado para jogar, mas o técnico pode mudar o esquema com o meia Tiago Real. Já Felipe Saturnino não atua na lateral esquerda por estar com o time de juniores e cede vaga a Lima. Por outro lado, Drubscky comemora o retorno do capitão Amaral, volante que cumpriu suspensão e está novamente à disposição.

Arte GE.Net

FICHA TÉCNICA
SÃO PAULO X GOIÁS

Local: Estádio do Morumbi, em São Paulo (SP)
Data: 27 de outubro de 2014, segunda-feira
Horário: 20h30 (de Brasília)
Árbitro: Bráulio da Silva Machado (SC)
Assistentes: Kleber Lúcio Gil (Fifa-SC) e Carlos Berkenbrock (SC)

SÃO PAULO: Rogério Ceni; Auro (Hudson), Antônio Carlos, Edson Silva e Álvaro Pereira; Denilson, Souza, Ganso e Michel Bastos; Alan Kardec e Luis Fabiano
Técnico: Muricy Ramalho

GOIÁS: Renan; Felipe Macedo, Jackson, Pedro Henrique e Lima; Amaral, Thiago Mendes, David e Esquerdinha; Erik e Bruno Mineiro (Tiago Real)
Técnico: Ricardo Drubscky

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*