Contra ex-clube, Sidão tenta se manter invicto como mandante

O goleiro Sidão fará, neste domingo, contra o Botafogo, o seu 16º jogo seguido como titular do São Paulo, em duelo válido pela 36ª rodada do Campeonato Brasileiro. O confronto marcará o primeiro reencontro do camisa 12 com o seu ex-clube, pelo qual atuou na última temporada após ser vice-campeão paulista pelo Grêmio Osasco Audax.

“Tem bastante gente da minha época no Botafogo, a maioria do grupo. Fizemos um grande trabalho lá e conseguimos levar o time para a Libertadores. Depois, optei por vir para o São Paulo. Será bacana reencontrar os caras, tenho grandes amigos no Botafogo, mas isso só valerá até o apito inicial. Agora defendo as cores do São Paulo com muita raça, e que a gente consiga um grande resultado”, afirmou o goleiro, em entrevista ao site oficial do Tricolor.

Aos 34 anos, Sidão vive a sua maior sequência na meta são-paulina. Ele é o titular desde o empate por 1 a 1 com o Avaí, em Florianópolis, pela 21ª rodada do Brasileiro. Diante do Botafogo, o goleiro defenderá uma invencibilidade como mandante pelo clube: são sete jogos no Morumbi e quatro no Pacaembu.

“Acredito que muito disso passa pela força da nossa torcida, que tem feito de tudo este ano para apoiar a nossa equipe, inclusive com quebras de recordes e inúmeras demonstrações de amor pelo clube. E no Pacaembu isso também tem acontecido. Este incentivo reflete em campo, porque jogamos mais motivados e queremos honrar a equipe por tudo que o torcedor tem feito. A torcida tem contribuído bastante, e que seja assim novamente no domingo”, projetou o goleiro.

Após começar o ano como titular, Sidão alternou boas e más partidas e acabou tendo uma lombalgia em março, que o deixou inativo por mais de um mês, abrindo brecha para Renan Ribeiro tomar a posição. No entanto, com a chegada de Dorival Júnior, o experiente arqueiro recuperou a titularidade e o futebol, sendo fundamental em vitórias sobre Sport e Flamengo.

“É a resposta do trabalho que tenho desenvolvido aqui. Sofri uma lesão no começo do ano que me prejudicou bastante, mas agora posso dar a resposta que todos esperavam. Fico feliz pelas atuações, porque o meu objetivo é ajudar a equipe em busca dos pontos. Nosso desejo é subir ao máximo na tabela. Estou feliz pelo momento que estou vivendo, e espero ganhar grandes coisas no São Paulo”, concluiu Sidão.

 

Fonte: Gazeta Esportiva

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*