Contra efeito Osorio, São Paulo busca reforços para agradar Ceni

Se depender da vontade do presidente Carlos Augusto de Barros e Silva, o Leco, o técnico Rogério Ceni vai receber boas notícias nos próximos dias. Após a saída do atacante David Neres para o Ajax por cerca de R$ 50 milhões, o mandatário espera fechar dois reforços de peso para completar o elenco neste primeiro semestre.

A ideia da diretoria tricolor é não permitir que aconteça com Rogério o mesmo que com Juan Carlos Osorio em 2015, quando treinador colombiano perdeu oito jogadores durante a temporada. Por isso, também, o São Paulo manteve Luiz Araújo, que recebeu proposta do Lille, da França, e Lyanco, com oferta da Juventus, da Itália.

O primeiro negócio que deve ser fechado pelo Tricolor é a contratação de Jucilei. O volante tem os salários acertados com o clube e depende apenas da liberação do Shandong Luneng, da China, para assinar empréstimo de um ano com o São Paulo. A contratação de um volante é um pedido de Rogério Ceni desde a sua chegada ao clube, no ano passado. Com a troca de Hudson, que foi para o Cruzeiro, por Neilton, a necessidade de um jogador para a posição aumentou.

Em paralelo, a diretoria monitora a situação de Hernanes, que deixou o São Paulo em 2010 após passagem vitoriosa. O meio-campista não teve muitas oportunidades na Juventus, da Itália, e está disposto a procurar outro clube. Porém, o jogador ainda acredita ter oportunidade no exterior e tem um custo elevado para o Tricolor.

O São Paulo procura também no mercado um centroavante. O clube já tentou negociar com o paraguaio paraguaio Cristian Colmán, o argentino Calleri e sondou Nilmar. No entanto, não conseguiu fechar com nenhum dos três e ainda busca um jogador para o setor. Até agora, o Tricolor ainda não encontrou uma opção que agrade por um custo possível para o seu caixa.

 

Fonte: Uol

Um comentário em “Contra efeito Osorio, São Paulo busca reforços para agradar Ceni

  1. Nem vai encontrar! Hahaa…
    O São Paulo pensa que é o mesmo São Paulo de anos atrás quando jogadores faziam de tudo para vir para o Morumbi. É meu amigo os tempos mudaram só o que parece que não mudou foi a arrogância e a mentalidade desses diretores tricolores pois pensam que por o São Paulo ser um clube grande, vai conseguir jogadores de graça ou a preço de banana. Torcedor que não abra o olho não ou então vamos ter que amargar mais uns longos anos sem títulos. Com um orçamento de 17 milhões para contratar em 2017 parece uma piada de mau gosto. Tão querendo enterrar de vez a história tricolor.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*