Contando os dias, Tricolor e Corinthians fecham Brasileiro em jogo morno

Enquanto o São Paulo pensa apenas no Tigre, seu adversário na decisão da Copa Sul-americana – oportunidade de conquistar um título após quatro anos de jejum -, o Corinthians conta os dias para sua viagem ao Japão, onde disputa o Mundial de Clubes como representante do continente. Com focos distintos, as duas equipes protagonizam um clássico Majetsoso sem interesses, neste domingo, às 17 horas (de Brasília), no estádio do Pacaembu.

A partida é válida pela última rodada do Campeonato Brasileiro, competição que garantiu ao Tricolor uma vaga na Pré-Libertadores de 2013 e mostrou ao Timão que, mesmo sem o foco totalmente voltado para outro objetivo, é capaz de surpreender. Atualmente, os rivais ocupam a 4ª e a 5ª colocações, respectivamente, mas com diferença de pontos de 63 para 57 – o time de Ney Franco não pode alcançar o Atlético-MG e o de Tite também não tem mais possibilidades de atingir o rival regional.

A realização do confronto no Pacaembu, tradicional praça em que o Timão recebe jogos, foi em função de uma série de shows que o Morumbi recebe para incrementar seu caixa no final do ano. Mas como mandante, no Pacaembu, o São Paulo surpreendentemente leva vantagem de 26 vitórias contra 10 empates e 12 vitórias de seu rival. No primeiro turno, no Pacaembu, o Timão, mesmo como mandante, foi derrotado por 2 a 1 em partida que teve como destaque o drible de Luis Fabiano para cima do goleiro Cássio.

Montagem sobre fotos Gazeta Press

Ney Franco e Tite esperam utilizar o clássico para ajustar os últimos detalhes da preparação de seus times

O Fabuloso, aliás, é uma das dúvidas do São Paulo para a partida deste domingo, já que o técnico Ney Franco disse que escalará apenas jogadores que não reclamarem de nenhuma dor ou desgaste muscular antes do primeiro jogo das finais da Copa Sul-americana. O treinador são-paulino confirmou apenas dois atletas que não foram nem relacionados para serem poupados: o zagueiro Rhodolfo e o volante Denílson. Fabricio segue lesionado e Paulo Assunção suspenso por acúmulo de cartões amarelos.

 

Outras peças, como Paulo Miranda, Jadson e Osvaldo são dúvidas e terão conversas particulares com Ney Franco para decidirem se vão a campo. O time, no entanto, será uma mescla entre titulares que não reclamarem de nenhum incômodo e reservas em busca de oportunidades na rodada final do Campeonato Brasileiro. No Pacaembu, Paulo Henrique Ganso pode ter uma nova chance de começar jogando, mas sua escalação está condicionada ao desejo de não jogar de Jadson.

Djalma Vassão/Gazeta Press

A escalação do “chamariz” Ganso dependerá de Jadson ser poupado

“A prioridade é o jogo de quarta-feira, contra o Tigre. Qualquer dúvida de formação, que pode prejudicar o desempenho em Buenos Aires, vamos no lado de priorizar a Sul-americana. A tabela quis que o jogo final fosse um clássico no momento em que as equipes já têm situações definidas dentro do campeonato. O Corinthians colocou que utilizaria o Brasileiro como forma de preparação para o Mundial. Vamos fazer nosso trabalho e quem eu definir por jogar vai entrar em campo para decidir o jogo”, espera o técnico Ney Franco, tratando a chance de título na temporada 2012 como prioridade total.

 

O Corinthians, por sua vez, nem cogita a entrada de um time misto no clássico. O técnico Tite finalizou a preparação de seus jogadores neste sábado e confirmou que apenas o zagueiro Paulo André estará impedido de atuar contra o São Paulo. O veto imposto ao jogador veio após reclamações de um desconforto muscular na panturrilha direita e serviu para Wallace assumir o posto ao lado de Chicão.

Embora o próprio Chicão também tenha se queixado de dores ao longo da semana, o departamento médico não viu problemas em confirmar a ida do defensor para o jogo. A situação é a mesma vivida por Fábio Santos, que iniciou a semana com uma pequena contusão e está completamente recuperado para reforçar a lateral esquerda do Timão.

“Temos um Mundial daqui duas semanas e um clássico que é o último jogo do campeonato. O Tite pede para a gente não se poupar e vamos jogar este clássico com a mesma motivação de sempre. Você tem que ter cuidado, porque o Mundial é o mais importante para nós. Mas também fica difícil separar, por causa da rivalidade. Ficar fora de um torneio é um momento muito triste na vida de qualquer jogador e vamos chegar com moral para fazer deste um p… jogo”, sentenciou o atacante Emerson.

Djalma Vassão/Gazeta Press

Emerson Sheik terá a última oportunidade de buscar o entrosamento ideal com Guerrero antes do Mundial

O Sheik, inclusive, é o motivo de maior expectativa da torcida e comissão técnica do Corinthians neste domingo. Tite já havia dado a entender que a equipe escolhida para este jogo seria a mesma que faria a estreia do Timão no Mundial de Clubes, em 12 de dezembro, no Japão. Como o jogador ainda não tem o entrosamento ideal com seu parceiro de ataque, Paolo Guerrero, o Majestoso poderá ser o ponto chave para que a equipe alvinegra entre definitivamente no eixo.

 

“Esse jogo envolve tantas coisas. Não que seja motivo de vingança após a nossa derrota no primeiro turno, mas só de estar jogando um clássico já é motivação suficiente para qualquer atleta. Qualquer um queria estar no Pacaembu neste domingo. Eles estão em uma final e nós queremos viajar com moral para o Japão. É esse pensamento que levaremos para esta partida”, completou Emerson.

Arte GE.Net

FICHA TÉCNICA
SÃO PAULO x CORINTHIANS

 

Local: estádio do Pacaembu, em São Paulo (SP)
Data: 02 de dezembro de 2012, domingo
Horário: 17 horas (de Brasília)
Árbitro: Rodrigo Braghetto (SP)
Assistentes: Rogério Pablo Zanardo e Bruno Salgado Rizo (ambos de SP)

SÃO PAULO: Rogério Ceni; Douglas, Rafael Toloi, Edson Silva e Cortez; Wellington, Casemiro (Maicon) e Ganso; Lucas, Osvaldo e Luis Fabiano
Técnico: Ney Franco

CORINTHIANS: Cássio; Alessandro, Chicão, Wallace e Fábio Santos; Ralf, Paulinho, Douglas e Danilo; Emerson e Guerrero
Técnico: Tite

Fonte: Gazeta Esportiva

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*