Considerado defensivo, Edimar quer participar de mais gols do São Paulo

No domingo, contra o Flamengo, Edimar, sempre destacado por suas características defensivas, voltou a aproveitar uma oscilação de Júnior Tavares e retornou ao time titular. Como já tinha ocorrido no último jogo que iniciou, diante do Sport, o lateral-esquerdo participou diretamente de um dos gols do São Paulo. E quer mais.

Como já tinha ocorrido no dia 1º, quando entrou na equipe porque Júnior Tavares estava suspenso e deu o cruzamento que gerou o gol de Marcos Guilherme na vitória por 1 a 0 sobre o Sport, no Morumbi, o camisa 16 teve eficiência ofensiva no último fim de semana. Diante do Flamengo, no Pacaembu, fez a jogada que gerou o escanteio e, após a cobrança, desviou na primeira trave a bola que Réver, tentando tirar, chutou em cima de Pratto, abrindo o triunfo por 2 a 0.

– Participei dos dois lances. Primeiro, criei a jogada na linha de fundo, cortei o Pará e cruzei. Logo em seguida, veio o escanteio e dei assistência para o gol. Fico muito feliz. Poder voltar ao time e contribuir para que a gente faça os gols é muito importante. Espero continuar, cada vez mais, ajudando o São Paulo a fazer gols e no que eu puder para sairmos dessa situação – disse o camisa 16, um dos mais animados na comemoração do gol de Pratto.

– A gente extravasa, põe para fora toda a tensão que temos no jogo e estamos vivendo com a nossa situação no campeonato. Quando fazemos um gol, é um momento de muita alegria. Extravaso mesmo – celebrou o lateral-esquerdo.

Na busca por provar valor ofensivo, Edimar pode tentar convencer o São Paulo a ficar com ele, já que está emprestado pelo Cruzeiro até dezembro. Mas, por enquanto, o jogador só pensa em tirar logo qualquer risco de rebaixamento no Brasileiro do Tricolor, e agradece à torcida pelo apoio.

– Quero exaltar o apoio que a torcida nos dá. Com certeza, tem feito uma grande diferença. Ganhar jogos dentro de casa é sempre muito bom no campeonato. Sabemos que precisamos melhorar fora de casa, buscar pontos, para fugirmos dessa situação. Mas o empenho que a torcida tem feito para nos ajudar tem sido fantástico. Esperamos, cada vez mais, contribuir dentro de campo para retribuir essa força que eles têm nos dado.

O São Paulo ocupa a 13ª colocação, com 37 pontos, a um ponto da faixa de classificação para a próxima Copa Sul-Americana e a quatro da zona de rebaixamento. O clássico contra o Santos ocorrerá às 17h de sábado, no Pacaembu, já que o Morumbi segue à disposição de shows internacionais. E Edimar deve seguir entre os titulares do técnico Dorival Júnior.

 

Fonte: Lance

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*