Conselho Deliberativo tem decisões importantes

A reunião do Conselho Deliberativo, na noite desta terça-feira, foi dotada de decisões importantes. Os conselheiros, em absoluta maioria, aprovaram a antecipação da revisão estatutária, prevista para 2023.

O que está incomodando a todos é a deterioração do estatuto, recém-aprovado, pela gestão de Carlos Augusto Barros e Silva. Após a profissionalização, onde tanto o presidente quanto os diretores são remunerados, Leco nomeou para o cargo conselheiros a quem devia algum tipo de favor político. Como prevê o estatuto, isso não é ilegal, até porque o conselheiro tem que se afastar do cargo para ocupar a diretoria. Mas nada o impede de pedir demissão às vésperas da eleição e se candidatar, ou votar em questões importantes.

Os conselheiros pretendem fazer a mudança com urgência, criando um dispositivo que obrigará o conselheiro a renunciar ao cargo de maneira definitiva para ocupar uma função remunerada. É um pleito dos sócios e dos torcedores.

O Conselho também elegeu a nova composição da Comissão Disciplinar, cuja função é analisar processos que envolvam a conduta dos sócios. Dos cinco membros titulares eleitos, três são ligados à oposição e dois à situação. O mandato da nova comissão começa em abril e vai até 2021.

 

Paulo Pontes

9 comentários em “Conselho Deliberativo tem decisões importantes

  1. Paulo boa tarde … Sobre o Raí … O que esperar deles ? Raí é omisso ??? Todas as mesas redondas batendo nele. Raí está vivendo com o nome?

  2. Paulo Pontes,
    Vc cometeu um equívoco.
    A Comissão Disciplinar tem a função de analisar processos e infrações, e aplicar ou não as penalidades previstas, que envolvam os sócios.Incluindo os Conselheiros e Diretores, desde que estes não estejam cumprindo sua função.Nesse caso, eles serão julgados pela Comissão de Ética do Conselho Deliberativo.

  3. Essas Atas, após aprovadas e oficializadas, sempre darão oportunidades para os “advogados espertos” manipulá-las, como tudo o que acontece no País. Não acredito que isso ofereça condições para a limpeza que o SPFC necessita. A curto prazo seria importante uma revolta dos Conselheiros contra esse estado que o futebol tem apresentado nos últimos anos, após a entrada do famigerado JJ e seu bando de mosquitos de balcão. Limpeza já!!!

  4. Uma sugestão meu caro Paulo Pontes:
    eu penso que deveríamos pleitear a transmissão ao vivo dessas reuniões do CD. Se até as reuniões da Suprema Corte do País é transmitida ao vivo, por que não transmitir essas reuniões. Os associados e a torcida poderiam formar juízo sobre a performance daquele órgão como um todo e também de cada conselheiro. Como na Câmara dos Deputados, uma boa parte dos conselheiros se equivalem ao “baixo clero” de Brasília. Pouco ou nada fazem, a não ser usufruir de algumas benesses concedidas aos portadores daquelas famosas carteirinhas e que todos sabem que existem.

    • Continuando, afinal, os associados pagam religiosamente suas contribuições e, creio, tem direito assegurado à informação. Na verdade, o que ocorre é os Srs. ?Conselheiros, só se lembram do associado de 4 em 4 anos, quando da eleição para o Conselho. Mais transparência… é o que espero que aconteça na gestão do Clube.

      • Sr. Waldir, o que o SPFC precisa é de um “time de futebol forte”. Os associados usam a parte social do clube, que talvez esteja em boa situação. Se faz necessário essa dissociação e pessoas competentes para formar um bom time. Milhões de pessoas torcem para as vitórias do mais querido, no Brasil e fora do Brasil e são elas que estão insatisfeitas com os resultados dos últimos anos. O clube tem talvez 3 a 5 mil associados e muitos deles não torcem para o nosso time. Usam o clube apenas pelo laser e sua localidade.

        • Meu caro Antônio, quando eu me refiro a associados, falo também do sócio torcedor, que também contribui muito para a receita do clube, além dos possuidores de cadeira cativas. Enfim, o CD deve explicações para toda a COMUNIDADE Tricolor, de associados do clube aos milhões de torcedores mundo afora.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*