Conselho Deliberativo expulsa Aidar e Ataide

O Conselho Deliberativo decidiu pela expulsão de seus quadros o ex-presidente Carlos Miguel  Aidar e o diretor de Relações Institucionais, Ataíde Gil  Guerreiro. O parecer da Comissão Disciplinar foi aprovado por inteiro. Foram 142 votos a 36  pela expulsão de Aidar e 120 a 56 com dois nulos pela de Ataíde. No total, 177 conselheiros do São Paulo assinaram presença na reunião extraordinária.

Aidar e Ataíde deixam de ser conselheiros, mas continuam sócios do São Paulo. No entanto, a Comissão Disciplinar do clube já marcou reunião para esta semana para ratificar a decisão soberana do Conselho Deliberativo e também expulsá-los do clube.

O relatório de Opice Blum disse que Ataíde Gil Guerreiro é um homicida dentro do clube. O que ele fez com Aidar foi uma tentativa de homicídio. Para Aidar disse apenas que ele infringiu o estatuto na relação com Cinira em negócios mal explicados e por isso mereceria a expulsão.

O comitê de ética do São Paulo teve a incumbência de apurar nos últimos meses denúncias de desvio de dinheiro e lesão ao cofre do clube durante a última gestão Aidar, que começou em abril de 2014 e terminou de forma precoce em outubro de 2015. Na reunião desta segunda o comitê apresentou parecer sugerindo a expulsão do ex-presidente do quadro de conselheiros do clube, decisão que foi acatada pelos conselheiros presentes e então definida.

Gil Guerreiro relembrou a agressão a Aidar e admitiu a esganadura, mas negou que tenha dado um soco no ex-presidente. “Peguei o pescoço dele, sem apertar, e falei que tinha vontade de te matar, te arrebentar”, relatou. “Eu não fiz uma agressão. Fiz uma ameaça. Hoje me arrependo. Depois de tudo que aconteceu deveria ter agredido”, continuou.

O parecer do Comitê de Ética criticou a decisão de Ataíde Gil Guerreiro de divulgar para a imprensa a gravação na qual Aidar sugere repartir comissão na contratação de um jogador. O documento ainda descreveu Gil Guerreiro como “pessoal de personalidade furiosa”.

No parecer, o órgão afirmou categoricamente que a namorada de Carlos Miguel Aidar, Cinira Maturana, acompanhou, em Madri, a negociação de Rodrigo Caio com o Atlético de Madri.

Durante a leitura do parecer, José Roberto Opice Blum, presidente do comitê de ética, citou um documento que comprometeria Ataíde, datado de 29 de julho de 2015, que poderia indicar comissão repartida entre Ataíde e Cinira Maturana, namorada de Aidar, na contratação do advogado José Roberto Cortez.

Em seu discurso de defesa, Ataíde disse ter assinado o contrato, intermediado por Cinira, porque à época confiava em Aidar. O dirigente diz que atendeu pedido do ex-presidente para indicar o advogado José Roberto Cortez a outros clubes e negou que houvesse algo de ilícito na ação.

 

Paulo Pontes

19 comentários em “Conselho Deliberativo expulsa Aidar e Ataide

  1. Foi melhor que o esperado. Entretanto o Sr. Blum deixou sua marca da parcialidade: ele, como ex- qualquer coisa jurídico, sabe muito bem que para crimes diferentes penas diferentes. Não foi o que ele conseguiu; pior, mostrou claramente sua parcialidade nas comparações entre os personagens julgados. Ao larápio o apoio; a quem entregou a rapina, a agressão moral indevida. Nunca gostei do Antaíde mas, no caso, ele merecia uma medalha e um diploma de agradecimento do clube…

  2. Foi um bom início para o indispensável processo de depuração da Instituição. Fica ainda a indagação: “Onde está Wally, digo: Jack?” Parabéns aos que votaram a favor e minhas condolências aqueles que tentaram assar a pizza!

  3. O processo de assepsia nos quadros do SPFC tem que prosseguir. Ainda há muita sujeira para ser extirpada. Muita gente ainda continua “orbitando” e vagando pelos corredores do Clube somente com a intenção de se locupletar.

  4. Começa ascender a chama do recomeço, que a limpeza não pare por aí, esse dois mancharam a estória do Tricolor que sempre foi exemplo de gestão. Abasteceram a mídia com declarações bizarras, esdrúxulas e fizeram de tudo pra destruir o clube, causaram a maior crise que o São Paulo, já viveu. Então agora só restan ser expulsos do quadro de sócios e que nunca mais ousam pisar no clube.
    Que esse ato seja o início da nossa guinada dentro e fora de campo, e que os demais envolvidos também sejam expulsos.
    VAMOS SÃO PAULO, SER CAMPEÃO!!!

  5. Achei injusta a punição ao Ataíde, apesar de nem ele próprio se ajudar. Pelo visto, foi uma decisão das mentes tacanhas que dominam o São Paulo. Já que era impossível salvar Aidar, seus defensores resolveram arrastar Ataíde junto para o buraco. Deu certo.
    O resultado fará mais bem ao São Paulo que uma pizza. Sem dúvida.
    Mas esse é um retrato do São Paulo: até quando os conselheiros acertam, o amadorismo transparece.
    Nojo do Dr. Opice Blum.

  6. Parabéns ao conselho, surpreendeu a todos expulsando esses dois arremedos do quadro de conselheiros do clube.
    Quem acha que foi muito pro ANTAide, está enganado, era unha e carne do VAidar e devia ter denunciado bem antes as podridões que o ex presidente estava fazendo.

    Agora sim deu um pingo de esperança essa decisão.

  7. apenas isso ?

    nao terá punição alguma ?TIPO CADEIA

    nao é atoa que temos bauza no comado do soberano, que gestão ruim

    eu acho que esse caras vão acabar com o soberano

    pra sempre soberano

  8. Parabéns a todacomissão de ética.
    Começou a limpeza no São Paulo, dois expulsos com justiça
    Vamos limpar agora a turma do Jack o estripador de comissão

  9. E o SPFC mais uma vez demonstra que é um reflexo do nosso país… bando de canalhas. Se não fosse pelo Ataíde – que não é santo, concordo – esse bandido do CMA já teria destruído o clube. Cuidado – esse Opice Blum vai se transformar no Eduardo Cunha do Tricolor… podem anotar aí!

  10. Essa conclusão do Opice Blum é preocupante.
    Então o sujeito que lesa o clube é afagado e o sujeito que quebra a cara do ladrão é criticado?

    Muito cuidado com esse sujeito… não me passa uma boa impressão. No mínimo deveriam abrir o olho com ele.

  11. Me parece exagerada a expulsão do Ataíde, a suspensão seria mais justa.

    E a expulsão do CMA foi correta e é bom saber que o conselho é formado por pessoas éticas afinal.

  12. Aidar, o coitado, e Ataide, o homicida. Comissão de Ética do caralho, Ataide não é santo, mas fez oq fez, pq o filho da puta do Aida, tentou suborna – lo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*