Confira um balanço dos reforços mais recentes do São Paulo na temporada

O São Paulo investiu bastante para a sequência da temporada. Nomes como o volante Tchê Tchê e o meia Vitor Bueno, ex-Dinamo de Kiev (UCR), o atacante Alexandre Pato, que estava no futebol chinês, e a jovem promessa Marcos Calazans, vindo do Fluminense.

Destes reforços, o mais utilizado até o momento é Tchê Tchê. Pedido do técnico Cuca, com quem já trabalhou no rival Palmeiras em 2016, o jogador chegou em abril. Homem de confiança do treinador, o volante jogou dez jogos, todos como titular do meio-campo são-paulino. Com a função de ser um jogador dinâmico e chegar mais ao ataque, ele marcou um gol, no empate contra o Flamengo, por 1 a 1, no Morumbi.

O reforço mais badalado do clube para o segundo semestre foi o atacante Alexandre Pato. Vindo do Tianjin Tianhai (CHN), por R$ 11 milhões de reais, no final de março, Pato também atuou em dez partidas, sendo nove como titular. O atacante marcou três gols desde o seu retorno: na vitória sobre o Goiás, por 2 a 1, fora de casa, e os empates contra Cruzeiro e Atlético-MG, ambos terminados em 1 a 1. Ele vem em ascensão e a parada pode ser benéfica.

O meia Vitor Bueno chegou como uma possível solução para o meio e a ponta de ataque do Tricolor. Porém, sentindo a falta de ritmo de jogo, já que jogou apenas três partidas pelo clube ucraniano. Nas chances que teve com a camisa do clube paulista, decepcionou. Em seis jogos, sendo três como titular, o meia de 24 anos não marcou e nem deu assistências.

O último reforço a chegar foi o atacante Marcos Calazans, em maio. Envolvido em uma troca com o Fluminense, que levou o atacante Brenner, Calazans ainda não teve muito tempo para mostrar seu futebol. Em apenas três jogos, sendo um como titular, o jogador não marcou pelo Tricolor. Resta saber se o jovem atleta conseguirá render pelo clube paulista.

A pausa para a Copa América deve ser de grandes mudanças, tanto no elenco, quanto na comissão técnica do São Paulo. A expectativa é grande para saber se o clube dará a volta por cima na temporada.

 

Fonte: Lance

Um comentário em “Confira um balanço dos reforços mais recentes do São Paulo na temporada

  1. Gostaria muito de saber quanto custa, para o S.Paulo, os atletas solicitados pelo Cuca.
    Quanto vc aceitaria pagar de salário para um jogador que não conseguiu jogar nem na Ucrânia, caso o dinheiro saísse do seu bolso?
    Bom, se tomar por base o que pagam por aquele que não conseguiu jogar na China, o Bueno não está ganhando pouco, não. Fora o que pagaram pra trazer o rapaz!
    Assim também o Tchê Tchê (pelo menos este está jogando mais ou menos). E o Calazans? Mistério . . .
    São essas coisas (daria para enumerar muitas iguais num passado ressente) que estão matando o SPFC. . .

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.