Comissão Disciplinar deve pedir expulsão de Aidar

O relatório que será apresentado ao Conselho Deliberativo na próxima segunda-feira deverá pedir a expulsão do ex-presidente Carlos Miguel Aidar e a suspensão por 90 dias do ex-vice-presidente de Futebol, Ataíde Gil Guerreiro. Uma reunião realizada nesta noite de terça-feira está ultimando os detalhes do relatório.

A Comissão Disciplinar decidiu apresentar um parecer único. A reunião desta noite é para finalizar este parecer. Os membros da Comissão ouviram as principais lideranças de todos os grupos políticos do São Paulo. Enquanto o grupo de Ataíde Gil Guerreiro não admitia qualquer punição a ele, outro garantiu que deixará a reunião se for configurada a “pizza” e denunciará os responsáveis por isso. Há um grupo, ainda, que não admitia punição diferente para os dois envolvidos. Para este grupo,  as penas deveriam ser idênticas.

Vencida essa fase de consulta, houve quase um consenso de que a suspensão de Ataíde e expulsão de Aidar será, mesmo, o melhor caminho a percorrer. A Comissão Disciplinar está investigando apenas a agressão que Ataíde Gil Guerreira teria feito a Carlos Miguel Aidar, num hotel de São Paulo, e a fita gravada por Ataíde, comprovando a tentativa de corrupção por parte de Aidar. Portanto, não entraram nessa investigação as atitudes de Cinira Maturana, namorada de Aidar e o contrato com a Under Armour, que teve como intermediária a Far East.

Mesmo havendo a expulsão de Aidar, a comissão deverá investigar o contrato da Far East. até porque envolve o ex-vice-presidente de Comunicação e Marketing, Douglas Schwartzmann. Ele não poderá sair impune deste contrato com o tal de Jack.

O ex-presidente Carlos Miguel Aidar enviou e-mail a todos os conselheiros pedindo absolvição. Ele explicou que suas contas foram aprovadas pelo Conselho Deliberativo, o que é a maior prova que ele não fraudou o São Paulo. Aidar também disse que não cometeu crime algum que pudesse manchar a imagem do São Paulo.

Se o parecer que for apresentado for mesmo este que tivemos acesso, através de informações de fontes confiáveis, a votação no Conselho Deliberativo será secreta. O estatuto do clube determina que sempre que houver uma votação para expulsão de algum conselheiro, esta votação deve necessariamente ser fechada.

Paulo Pontes

9 comentários em “Comissão Disciplinar deve pedir expulsão de Aidar

  1. Paulo Pontes, não creio que seus comentários e pressões tenham tido maior efeito sobre os membros da Comissão de Ética. A conclusão a que chegarem se dará somente em função da honestidades e caráter dos seus membros e você, se julgar devido, deve pedir desculpas, não porque me agrade, mas porque será a atitude correta a tomar.

  2. Como diria seu colega de Jovem Pan e sardinha , Fred Junior “Vamos Aguardar”. Sei que o caro Paulo tem otimas fontes no clube mas como nosso país vive uma crise de valores não sei NÃO

  3. Como eu afirmei anteriormente, você se enganou sobre o caráter dos membros da Comissão e acredito que você lhes deve desculpas se esse relatório se confirmar.

    • Vamos esperar a confirmação. Mas quem é capaz de afirmar que, não fosse a pressão (que eu, particularmente fiz), o fim seria este? Quem pode garantir que, não fossem as denúncias e a pressão que, particularmente, fiz, o Carlos Miguel Aidar teria renunciado e a situação chegado a este ponto. Este, meu caro leitor e amigo, é o papel de um jornalista que quer ver tudo o que está errado esclarecido e os culpados punidos. Mas, se lhe agrada, pedirei desculpas aos conselheiros de bem que votarem por este fim.

  4. Essa turma que frequentou o SPFC, que deu a mão ao Carlos Miguel Aidar, devem seguir a mesma trajetória. Ser expulsos! Douglas Schwartzmann – escoria da era Juvenal juvêncio e Carlos Miguel Aidar. Esse xarope do Conselheiro Dedé, avalizador dos atos insanos dessa administração, que saiu pela porta dos fundos é outro. Sem contar com o Julio Casares, o improdutivo, que deu margem à esse contrato com a empresa que intermediou o acordo com a empresa de material esportivo. Ele sabia desde o começo que foi ele que levou a empresa de material esportivo ao SPFC, na gestão do Juvenal Juvêncio E SE CALOU NA HORA QUE O TAL CONTRATO FICTÍCIO FOI APRESENTADO NA ADMINISTRAÇÃO. Assim, quis levar vantagem. Tudo safado!

  5. este é um jogo diferente contra as bolivianas, ele é muito mais alem do que um jogo de libertadores ele vale honra .

    tem um vídeo que as bolivianas fizeram que precisa se dada a resposta .

    agora é hora de vergonha na cara e partir pra cima das bolivianas com tudo ,por isso se vocês jogadores perderem vocês nao tem vocês nao tem amor próprio ,nao tem dignidade de homem

    ganha ganha de todo jeito e entre em campo pra quebra com vontade de tigre e mostra quem é o soberano a essas bolivianas do video

    pra sempre soberano

  6. O Aidar é fruto de um ambiente que não só permitiu como compactuou com muitas de suas atitudes, não digo todos mas que vários o acobertaram não tenho dúvidas. É este ambiente que deve ser varrido pelos conselheiros de bem.
    Um São Paulo forte deve ser a maior alegria de um conselheiro, deixem de lado os mimos de presidentes como JJ, mostrem que honra não tem preço.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*