Com a família mais calma, Muricy é liberado para voltar nesta segunda

Depois de dez dias afastado devido a um problema cardíaco, Muricy Ramalho voltará ao comando do São Paulo nesta segunda-feira. O técnico já foi liberado pelos médicos e comunicou os familiares de que estará no CT da Barra Funda pela primeira vez desde que passou mal, no último dia 25 de setembro.

A informação foi confirmada pela reportagem do LANCE!Net na tarde deste domingo. A comissão técnica tricolor ainda não havia sido avisada sobre o retorno do comandante, mas familiares de Muricy já estão cientes da situação.

Durante a última semana, a família do treinador se mostrou apreensiva com o estado de saúde de Muricy, que foi diagnosticado com um quadro de arritimia cardíaca e chegou a ficar três dias na unidade de tratamento intensivo (UTI) do Hospital São Luiz, na Zona Sul da capital paulista. A melhora na saúde do técnico, porém, fez com que os parentes ficassem mais calmos nos últimos dias.

Perto de completar 59 anos – faz aniversário em 30 de novembro, Muricy Ramalho sempre demonstrou receio com problemas de saúde provocados pelo estresse do futebol, muito pelo que viu o mestre Telê Santana enfrentar nos anos 1990. O mentor do atual técnico são-paulino sofreu uma isquemia cerebral e teve de se aposentar em 1996 – dez anos depois, morreu em Minas Gerais.

Enquanto dirigia o Santos, Muricy teve grave quadro de diverticulite e avisou que anteciparia o fim de sua carreira. O comandante tem mais dois anos de contrato com o São Paulo, mas, devido aos apelos da família, pensa cada vez mais em encurtar o tempo. Ele desfalcou o Tricolor nos últimos três jogos e viu o coordenador técnico Milton Cruz vencer dois e perder um.
Fonte: Lance

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*