Com a ajuda de colegas, Wellington se diz pronto para marcar Gaúcho

Logo no seu primeiro jogo como titular do São Paulo em mais de seis meses, período em que se recuperou de uma cirurgia no joelho esquerdo, o volante Wellington terá uma missão considerada bastante complicada pela maioria dos jogadores: marcar Ronaldinho Gaúcho.

Entretanto, apesar de elogiar o adversário, Wellington se disse “preparado” para anular o meia atleticano e negou a possibilidade de perder o sono por ter que marcar um jogador eleito duas vezes o melhor do mundo pela Fifa. As declarações foram dadas nesta terça, em entrevista no CT da Barra Funda, no últimotreino antes do encontro com o Galo, marcado para as 22 horas (de Brasília) desta quarta, no Independência.

“Não vou dormir preocupado, porque estou preparado para marcá-lo. O Ronaldinho é um jogador diferenciado, você tem que ficar atento. Mas já passei para o grupo, e o professor também, a importância de marcar o Ronaldinho e a movimentação do Atlético-MG”, disse o volante.

No entanto, mesmo com tamanha confiança, Wellington sabe que será necessária a ajuda de seus colegas de meio-campo para anular Ronaldinho. “Acho que o Casemiro tem um poder de marcação muito bom. O Maicon procura ajudar no que ele pode, o Jadson também. Se você reparar, já roubamos bola com o Jadson, em jogada que originou um gol. Então todos ali procuram ajudar. Tenho certeza que essa marcação não vai cair inteira nas minhas costas. Essa responsabilidade vai ser dividida por todos”, finalizou.

Fonte: Gazeta  Esportiva – Foto: Vipcomm

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*