Cobertura do Morumbi, 3ª camisa e Adidas: assuntos estão na pauta!

Novo projeto para cobertura do Morumbi deverá ser apresentado até outubro. A  reunião do Conselho Deliberativo do São Paulo, realizada nesta segunda-feira, decidiu voltar ao assunto e desta vez, situação e oposição irão analisar juntos a nova idéia.

Não haverá, num primeiro momento, qualquer alteração na forma do estádio. O novo projeto deverá trazer a cobertura até a pista de atletismo. Já existem empresas interessadas em fazer o projeto. A extensão da cobertura está atrelada a uma mudança no estádio em 2020. É que está sendo ultimado o projeto da Perimetral, que vai passar ao lado do clube e trará como consequência a mudança de leito do córrego do Antonico. Com isso o gramado seri rebaixado em até cinco metros e os anéis superiores, então, viriam até o campo, desaparecendo o anel inferior, que seria transformado num shopping.

Na reunião do Conselho também ficou claro que a Penalty, que tem contrato até final de 2015, manifestou interesse de parar em dezembro deste ano. A empresa vem tendo dificuldade para cumprir seu compromisso com o Tricolor e seu desejo coincide com a própria vontade do São Paulo. Três empresas, entre elas a Adidas e a Puma, já têm conversas adiantadas para fornecer o material esportivo do Tricolor. Mas tudo indica que será mesmo a Adidas a nova marca.

Entretanto, qualquer nova empresa que venha, não abre mão da terceira camisa. Isso dependeria de mudança no estatuto e dentro do Conselho, pelo que pude perceber, a tendência é aprovação da alteração estatutária.

O patrocínio master não deverá ser fechado este ano. O departamento de Marketing vai trabalhar com patrocínios pontuais, para cada jogo, pois as empresas que se interessaram na camisa do Tricolor querem contrato de um ano e o clube não abre mão de um vínculo que dure até o final de 2015. E o São Paulo mesmo prefere fazer um contrato que vá de janeiro a dezembro.

Por último sobrou o assunto Kaka. E o presidente do São Paulo, Carlos Miguel Aidar, afirmou que é viável a permanência de Kaká até julho do próximo ano, se o São Paulo se classificar para a Libertadores. Estaria embutido no acordo com o Orlando City, para essa possibilidade, o empréstimo de um jogador da base, a ser escolhido pelo clube americano, com passe fixado.

Aliás, por falar em base, a diretoria já tem como certa a saída de três jogadores formados no CT de Cotia. Apesar dos nomes não terem sido divulgados, me contaram que poderiam ser Boschilia, Auro e Lucão. O São Paulo entende que faturaria R$ 50 milhões com as negociações, um bom dinheiro para abater o déficit que hoje está na casa dos R$ 135 milhões.

 

Paulo Pontes

9 comentários em “Cobertura do Morumbi, 3ª camisa e Adidas: assuntos estão na pauta!

  1. Paulo não entendi bem, o Boschilia, Lucão e o Auro seriam vendidos para o Orlando City, ou para qlqr clube? E o Auro, era visto como a solução dos problemas da lateral, e agora vai ser vendido sem jogar profissionalmente?!?!?!

  2. Cada vez mais mostra que TODOS os clubes são iguais. Essa de falar que somos diferenciados, etc, é conversa para boi dormir.
    Como pode deixar um monte de jogador ruim, porcaria, ganhando muito, e vender as melhores promessas (Boschilia e Auro) a preço de banana, e segurar esse monte de porcaria?
    Impressionante. Impressionante.
    Essa de diferenciado é balela, e já venho percebendo isso há tempos.

    Esse “tal” de futebol brasileiro tem prazo de validade e estes já está se aproximando.

  3. O Boschilia nem esquentou banco e o Auro nunca jogou no time de cima. Se fossem do Santos já valeriam alguma coisa, pois o Osvaldo está colocando todos da base para jogar. Como o Muricy não quer investir em jovens, o time que é prejudicado.

  4. Paulo, a sua informação é mais do que verdadeira. A venda de jogadores é dada como certa dentro do clube dada a atual situação financeira (não é ainda desesperadora, mas não é de hoje que mensalmente se gasta mais do que se arrecada). E, ademais, o São Paulo não tem mais Adalberto Porsche avalizando empréstimos para o clube. Na realidade, o clube dava com certa, para aliviar essa pressão financeira, a venda de Rodrigo Caio nesta janela europeia, mas teve esse contra-tempo com grave contusão ocorrida com o jogador. Por isso, a venda de quem quer que seja no elenco é mais do que necessária. E do atual elenco, só mesmo os garotos da base eu diria que poderiam servir para alguma coisa. Kaká, Pato, Álvaro Pereira, Souza, Antonio Carlos não são nossos, Ganso só temos uma pequena parte, Toloi e Osvaldo temos 50% do passe (e jogando a bolinha o que eles estão jogando vai ser difícil vendê-los) e o resto, é resto. Para piorar, o clube paga salários altos (para não dizer absurdos) para jogadores como Clemente Rodriguez, Canete, Denílson, Luís Ricardo, João Felipe, entre outras tantas barbaridades deixadas pela administração anterior…

    • Ótimo comentário!
      Só acrescento agora mais uma contratação “nas coxas”: jogador em fim de carreira, com salário altíssimo, sem nenhuma perspectiva de negociação mais a frente e, pior, não vai resolver os problemas do time do SP que não estão do meio para frente.

  5. As notícias em sua maioria são ótimas! só não achei legal uma saída prematura do Auro e do Boschilia….puxa nem jogaram mto pelo tricolor…mas por outro lado o clube precisa do $ é melhor vender do que ficar todo endividado e iniciar uma crise financeira crônica como o do palmeiras por ex….

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*